A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

03/12/2015 16:31

Petista pede pressa à Justiça para ocupar cargo de vereadora cassada

Michel Faustino
Roberto Durães obteve 2.101 votos nas últimas eleições. (Foto: Reprodução/Facebook)Roberto Durães obteve 2.101 votos nas últimas eleições. (Foto: Reprodução/Facebook)

O segundo suplente de vereador na chapa do PT nas últimas eleições, Roberto Durães, acionou a Justiça Eleitoral nesta quinta-feira (03) para requerer o cargo de sua colega de partido, Thais Helena, que teve o mandato cassado sob denúncias de compra de votos. O acórdão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que manteve a cassação de Thais e dos vereadores Delei Pinheiro (PSD), e Paulo Pedra (PDT), atual secretário municipal de governo do prefeito Alcides Bernal (PP), foi publicado nesta quinta-feira (03) pela Justiça Eletrônica.

O advogado Laércio Arruda Guilhem, que representa Durães, disse que entrou com pedido na 36º Zona Eleitoral para que o juiz determine o recontagem de votos e encaminhe a decisão à Câmara Municipal, que assim que notificada deverá chamar os suplentes.

Laércio explica que, não há necessidade de esperar o prazo para que o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) seja notificado da decisão do Supremo, e pelo fato dos vereadores estarem no cargo sob força de liminar, que foi derrubada no dia 17 de novembro.

“Não há necessidade de aguardar trânsito em julgado, por conta do efeito suspensivo da decisão do TSE. Eles podem recorrer da decisão, mas terão que fazer isso fora do cargo”, comentou.

Thais Helena, Paulo Pedra e Delei Pinheiro foram processados por compra de votos nas eleições de 2012, mas conseguiram liminar para permanecerem no cargo. As denúncias apontaram que os três teriam praticado irregularidades oferecendo combustíveis a eleitores.

 

Com a cassação dos três vereadores, o médico Eduardo Cury (PT do B), que hoje ocupa a vaga de Pedra (licenciado para ser secretário de Governo), deixa a condição de 1º suplente e passa a de efetivo. A vaga de Thais Helena ficará com Roberto Durães, que ficou com a segundo suplência . O primeiro suplente foi Marcos Alex que entrou na vaga de Zeca do PT, eleito deputado federal na eleição de 2014. Durães, obteve 2.101 votos.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions