ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, QUARTA  22    CAMPO GRANDE 24º

Política

Prefeita de Sidrolândia exonera servidores investigados pelo MP

Nesta sexta-feira, Vanda Camilo exonerou três servidores, dois deles foram denunciados na investigação do MPE

Jackeline Oliveira | 25/08/2023 09:10
Ação do Gaeco durante segunda fase da Operação Tromper em Sidrolândia (Foto: Paulo Francis)
Ação do Gaeco durante segunda fase da Operação Tromper em Sidrolândia (Foto: Paulo Francis)

A prefeita de Sidrolândia, município a 71 km de distância de Campo Grande, Vanda Camilo, exonerou nesta sexta-feira (25) secretários municipais envolvidos na Operação Tromper, do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado).

De acordo com o Diário Oficial do município, o secretário de Saúde, Luiz Carlos Alves da Silva, e o secretário de Infraestrutura, Carlos Alessandro da Silva, um dos denunciados da operação, foram exonerados a pedido.

Outro denunciado na mesma operação, Flavio Trajano Aquino dos Santos, chefe de Divisão de Administração, também foi exonerado a pedido nesta sexta-feira. Para substituir interinamente o secretário de Infraestrutura, foi nomeado Adronei Pires da Silva

Operação Tromper - A ação investiga organização criminosa por fraudes em licitações, desvio de dinheiro público e pagamento de propina a agentes públicos.

O Gaeco identificou, por meio de quebra de sigilo bancário, que o servidor comissionado Tiago Basso da Silva recebeu em sua conta pessoal R$ 2 mil de uma das empresas envolvidas no esquema, a PC Mallmann (Rocamora). O servidor foi exonerado pela prefeita no dia 24 de julho.

Até 2020, ele atuou em cargo comissionado como chefe do setor de execuções e fiscalização e atestava as notas fiscais, uma delas identificada em licitação supostamente fraudulenta.

A segunda fase da operação deflagrada em julho prendeu os empresários Ueverton da Silva Macedo, o “Frescura”, e Roberto da Conceição Valençuela. Roberto é sócio-administrador da R&C Comércio, Serviços e Manutenção Ltda. A empresa tem como principal atividade o comércio varejista de ferragens e ferramentas. Além de 55 atividades secundárias.

"Tromper", verbo que dá nome à operação, traduz-se da língua francesa como enganar. A primeira etapa foi deflagrada no mês de maio

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para entrar na lista VIP do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias