A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

24/05/2011 09:56

Prefeito de Ladário nomeia interinos para o 1º escalão após ação da PF

Aline dos Santos
Prefeitura de Ladário é investigada em denúncias de fraudes. Prefeitura de Ladário é investigada em denúncias de fraudes.

O prefeito de Ladário, José Antônio Assad e Faria (PT), nomeou interinos para recompor o primeiro escalão da prefeitura, que foi avo de uma operação da PF (Policia Federal) no último dia 16.

Na ação, foram presos seis servidores, sendo três secretários municipais. Todos já estão em liberdade, mas foram impedidos pela justiça de reassumir os cargos.

As portarias com os nomes dos substitutos foram publicadas na edição de hoje do jornal Diário Corumbaense. Na pasta de Planejamento e Gestão, Roberto Guimarães vai substituir de forma interina o secretário afastado Name Antônio Faria de Carvalho. Roberto já é secretário de Gestão Governamental.

A secretaria de Educação, que era comandada por Eliene da Costa Neves Urquiza, será assumida por Maria Eulina Rocha dos Santos. Também afastada, a advogada Candelária Lemos será substituída por Cândido Burgues de Andrade e Filho na Advocacia Geral do Município.

A Operação Questor também teve como alvo os servidores Maria Helena Silva (Núcleo de Projetos), Márcio José Pimenta (Setor de Licitações) e o contador Samuel Molina. Ainda foi preso um empresário em Campo Grande.

Conforme a PF, os prejuízos aos cofres públicos superam meio milhão de reais.

De acordo com o MPF (Ministério Público Federal), as investigações iniciaram a partir de suspeitas de irregularidades na aplicação de recursos federais destinados à merenda dos estudantes da rede municipal de Ladário.

Em seguida, foi instaurado inquérito policial para investigação dos crimes de corrupção, fraudes em licitações, falsificação de documentos públicos e formação de quadrilha.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions