A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

22/02/2012 18:31

Prefeito de Maracaju é investigado por atos de improbidade administrativa

Wendell Reis e Jeozadaque Garcia

O MPE (Ministério Público Estadual) ingressou com uma Ação Civil Pública por improbidade administrativa com pedido de liminar contra o prefeito de Maracaju, Celso Luiz da Silva Vargas. O prefeito é acusado de atraso no repasse das parcelas relativas aos empréstimos consignados em folha dos servidores.

Representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Maracaju afirmam que nos meses de agosto e setembro de 2011, os repasses das parcelas relativas aos empréstimos não foram repassados à Caixa Econômica Federal, o que causou grandes transtornos aos servidores públicos, que receberam carta/notificação para efetuarem o pagamento das parcelas em atraso, com juros, e sob pena de inclusão de seus nomes junto ao SPC e SERASA.

Os servidores alegam que o prefeito não repassou o dinheiro ao banco, mesmo com os valores já descontados na folha salarial. Assim, ingressaram com a ação solicitando indenização por danos morais contra a prefeitura. Os servidores alegam que o atraso no repasse dos valores gerou aos cofres públicos um montante de R$ 15 mil de juros pagos a Caixa Econômica Federal.

O promotor de Justiça Estéfano Rocha Rodrigues da Silva solicitou o sequestro dos bens móveis e imóveis de propriedade ou em poder do Prefeito, pediu que seja decretado o bloqueio de quaisquer saldos financeiros existentes e oficiado diretamente ao Banco Central do Brasil (BACEN) a condenação por danos morais difusos e atos de improbidade administrativa.

Problema de caixa - A Prefeitura da cidade reconhece o problema, porém, alega que o atraso aconteceu por conta de um “problema de caixa”. Conforme o secretário municipal de administração, Sebastião Soares, os servidores não tiveram prejuízos.

“Houve dois meses de atraso no empréstimo, mas a situação foi normalizada ainda no ano passado. A própria Caixa Econômica Federal deu um documento atestando que já foi tudo resolvido”, garante.

Ainda conforme Soares, a Prefeitura, que está em recesso, retorna aos trabalhos nesta quinta-feira (23) e deve ser notificada oficialmente pelo MPE.

Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...
TRE realiza plantão para cadastramento biométrico neste sábado na Capital
O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) realiza neste sábado mais um plantão para atender eleitores de Campo Grande que ainda nã...


ai malandro paga os caras seu caloteiro
 
ronis elias venier em 22/02/2012 09:41:25
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions