A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Agosto de 2017

16/03/2017 14:11

Projeto de lei quer proibir o uso de celulares nas UTI neonatais

Estudo aponta que os aparelhos são veículos para bactérias e são tão sujos quanto uma sola de sapato

Lucas Junot
O deputado Marcio Fernandes é o autor da proposta (Foto: Divulgação/ALMS)O deputado Marcio Fernandes é o autor da proposta (Foto: Divulgação/ALMS)

Projeto de lei do deputado Marcio Fernandes (PMDB), apresentado nesta quinta-feira (16) na Assembleia Legislativa, quer proibir a utilização de aparelhos celulares em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) neonatais no Estado.

O parlamentar argumenta que pesquisas já comprovaram que, devido ao manuseio, os aparelhos servem como veículo de bactérias para o ambiente que necessita ser protegido. "Trata-se de um ambiente onde estão crianças que são supersensíveis e estão tentando ganhar defesa imunológica", explica o deputado.

Pesquisa realizada na Inglaterra, pelo professor de microbiologia, Joanne Verran, da Manchester Metropolitan University, concluiu que os aparelhos celulares são tão sujos quanto uma sola de sapato. O estudo foi repetido no Brasil pelo biomédico Roberto Figueiredo, que recolheu a mesma quantidade de bactérias nos dois itens.

A proposta sugere ainda que sejam realizadas campanhas de conscientização e atribui a fiscalização ao Executivo Estadual.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions