ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  18    CAMPO GRANDE 30º

Política

PSDB ampliou votos e espaço em MS, avalia presidente estadual

Para os tucanos os resultados eleitorais foram positivos no Estado, sendo melhores do que em 2014

Por Leonardo Rocha | 07/11/2018 08:45
Deputado Beto Pereira, presidente estadual do PSDB, durante entrevista (Foto: Fernando Antunes - Assessoria)
Deputado Beto Pereira, presidente estadual do PSDB, durante entrevista (Foto: Fernando Antunes - Assessoria)

Para o presidente estadual do PSDB, o deputado Beto Pereira, o partido ampliou votos e espaço político no Mato Grosso do Sul, nesta eleição. Ele cita que a bancada tucana continua sendo a maior da Assembleia, conseguiu eleger dois deputados federais e ainda teve a reeleição do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

“Após as eleições, com o fim do segundo turno, fizemos uma avaliação criteriosa da participação do partido e entendemos que os resultados foram positivos, em comparação a disputa de 2014. Esta foi a leitura dos próprios filiados”, disse Beto Pereira (PSDB), que assumiu a direção da legenda em novembro de 2017.

Beto cita que em 2014 foram eleitos quatro deputados tucanos, desta vez esta conta aumentou para cinco: Rinaldo Modesto, Onevan de Matos, Marçal Filho, Felipe Orro e Paulo Corrêa. Ele explicou que a bancada estadual reduziu de 8 para 5, no entanto porque alguns parlamentares seguiram para o PSDB na janela de transferência. “Em termos de votos e eleitos nós aumentamos”.

Mesma situação da bancada federal, que em 2014 foi eleito apenas um deputado federal (Marcio Monteiro), desta vez dois, a mais votada Rose Modesto (PSDB) e o próprio Beto Pereira. Sobre o Senado, os tucanos não elegeram Marcelo Miglioli (PSDB), no entanto consideram uma “boa votação”, os 347.861 votos a favor do ex-secretário de Infraestrutura.

Projeto principal – Sempre colocada como prioridade do partido, a reeleição do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) foi muito comemorada na legenda, que ficará mais quatro anos a frente do Estado. “Era o nosso principal projeto que foi concluído com sucesso, dando continuidade a uma gestão eficiente”, avaliou.

Beto garante que ainda não foi discutido o “espaço” que o partido terá na segunda administração de Azambuja, pois avalia que o assunto é “para depois”. Além do PSDB, Reinaldo contou com mais 13 legendas no seu bloco de aliados na eleição e já declarou que fará mudanças neste novo mandato.