A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

02/08/2018 12:10

PSDB planeja fechar duas chapas federais e três estaduais em MS

Intenção é abrir espaço para os partidos aliados que vão apoiar a reeleição de Azambuja

Leonardo Rocha
Deputado Beto Pereira (PSDB) falou sobre a formação das alianças (Foto: André Maganha - Assessoria)Deputado Beto Pereira (PSDB) falou sobre a formação das alianças (Foto: André Maganha - Assessoria)

O presidente estadual do PSDB, o deputado Beto Pereira, revelou que o partido planeja fechar duas chapas para deputados federais e três dos postulantes à Assembleia. A intenção é comportar e dar o devido espaço para os partidos aliados, que irão formar a coligação de apoio à reeleição do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

O deputado explicou que deve ser formada uma chapa federal com os candidatos do PSDB, PSD, PP e Democratas. Neste contexto aparecem nomes como Fábio Trad (PSD), Tereza Cristina (DEM) e Luiz Henrique Mandetta (DEM), o ex-prefeito Alcides Bernal (PP), assim como os tucanos Geraldo Resende, a vice-governadora Rose Modesto e o próprio Beto Pereira.

A segunda chapa federal vai ficar os demais partidos aliados. “Estamos estudando a possibilidade e encaixando os partidos para que todos se sintam confortáveis para campanha. Momento é de encontrar espaço para aqueles que vão estar no mesmo projeto”, disse Pereira.

Ele adiantou que para os candidatos a deputado estadual se estuda três chapas. “Esta composição ainda não definimos porque falta alguns acertos. No entanto esta terceira (chapa) seria para comportar os novos partidos que estão chegando nestes últimos dias, que aguardamos a resposta final”. O tucano se referiu ao PEN, PMN e Avante.

Espaço – Beto também confirmou que existe “conversa adiantada” com o PRB, que vai fazer sua convenção oficial nesta noite, em Campo Grande. “Tem grande possibilidade deles estarem conosco nesta eleição, o diálogo se aproxima de um entendimento”. Questionado sobre qual será o espaço para o senador Pedro Chaves (PRB), disse que o parlamentar “será acomodado” dentro da coligação.

O PSDB já conta com o apoio do PTB, PPS, Solidariedade, PSD, PSB, PP, assim como conversas adiantadas com o DEM, que deve indicar o candidato a vice, no caso o ex-prefeito de Dourados, Murilo Zauith, assim como o PRB e PSL. Podem ainda fazer parte do grupo o PEN, PMN e Avante até este momento.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions