A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

01/08/2018 18:04

PSDB se reúne com mais 3 partidos e chapa pode atrair 12 aliados

Lista de partidos aliados a Azambuja conta com PTB, PP, PSD, PSB, PPS, Solidariedade, DEM, PRB e PSL

Gabriel Neris e Humberto Marques
Representantes de partidos se reúnem nesta noite na sede do PSDB na Capital. (Foto: Paulo Francis)Representantes de partidos se reúnem nesta noite na sede do PSDB na Capital. (Foto: Paulo Francis)

Mais três partidos podem estar se juntando à aliança encabeçada pelo PSDB, que tem o governador Reinaldo Azambuja como candidato à reeleição.

Avante e PMN eram cotados para a chapa liderada pelo MDB, que trocou de candidato no fim de semana, mas, segundo apurou a reportagem, decidiram apoiar os tucanos.

O outro partido é o PEN, que ainda não foi confirmado, mas enviou representante à sede do PSDB, onde as novas aquisições da aliança estão sendo anunciadas.

Com mais esse anúncio, a lista de partidos aliados a Azambuja chega a 12. Estão nela, ainda DEM, de onde virá o candidato a vice, Murilo Zauith, o PTB, que vai indicar o candidato ao Senado, Nelson Trad Filho, o PP, PSD, PSB, PPS, Solidariedade, PRB e PSL.

O governador já havia adiantado que estudava distribuir os candidados tucanos e dos partidos aliados em duas chapas para deputado estadual e mais duas para federal.

O PSDB faz convenção no sábado, dia 4 de agosto, com a previsão de confirmação de todas as alianças, incluindo o DEM, que embora já esteja bem encaminhado, ainda não oficializou a participação na chapa.

Reviravolta

Na última semana, o cenário das eleições em Mato Grosso do SUl teve um fato político de peso que foi a troca do nome do ex-governador André Puccinelli pelo da senadora Simone Tebet na chapa do MDB.  A mudança foi anunciada como sendo a pedido de Puccinelli, que está preso desde 20 de julho.

Sem os partidos que anunciaram apoio hoje ao PSDB, o MDB, por ora, tem como aliados PTC, PHS,PR, PRTB, PSDC- e PRP.

O PDT, do juiz aposentado Odilon de Oliveira, anunciou como candidata a vice Keliana, do PROS. A legenda também conta com o apoio do Podemos, mas lida com a desistência de Francisco Maia na disputa ao senado e a com a indecidão de Leocádia Petri Lemos, do próprio PDT, de assumir a disputa. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions