ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 14º

Política

Reestruturação cria subsecretarias, mas não aumenta despesa, diz secretário

Projeto enviado à Câmara prevê subsecretarias de Projetos, de Compras e de Assuntos Fundiários, com realocação de pessoal

Por Silvia Frias | 18/02/2021 11:54
Secretário de Gestão, Agenor Mattiello (Foto: Henrique Kawaminami)
Secretário de Gestão, Agenor Mattiello (Foto: Henrique Kawaminami)

A reestrutraçao da prefeitura prevê a criação de três subsecretarias que terão mais autonomia administrativa e vão acelerar alguns serviços, como o de compras, reduzindo o trâmite burocrático de 20 a 30 dias, segundo explicação do secretário municipal de Gestão, Agenor Mattiello.

As mudanças estão no projeto de lei encaminhado hoje pelo Executivo à Câmara Municipal de Vereadores.

Essas alterações, garante o secretário, não irão acarretar aumento de despesas. Os setores já existiam, mas estavam sob a responsabilidade de secretarias. “O objetivo é agilizar processos do serviço público, captar recursos e atender a população”, disse.

Pelo projeto, estão sendo criadas as subsecretarias de Projetos, a de Assuntos Comunitários e a de Compras Públicas.

Mattiello explica que a subsecretaria de Projetos e a de Assuntos Comunitários eram setores dentro da Secretaria de Governo. A de Projetos, com mais autonomia, continua responsável pela captação recursos e projetos para desenvolvimento de Campo Grande.

A subsecretaria de Compras era setor vinculado à Secretaria de Gestão. Agenor Mattiello disse que essa mudança permite que o tempo de tramitação seja reduzido em até um mês.

Segundo o secretário, não haverá aumento de despesas, o que é vetdo pela Lei Complementar nº 173 e, por isso, os cargos já existentes serão transformados. Os novos subsecretários, por exemplo, não terão aumento de salário.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário