ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 14º

Política

Riedel diz que assumirá papel mais político durante eleições municipais em 2024

Governador delega a novo secretário tarefa de “guardião” para poder fazer articulação política

Por Maristela Brunetto | 26/01/2024 11:10
Governador diz que defenderá nomes nos municípios que busquem parcerias com o Governo (Foto: Paulo Francis)
Governador diz que defenderá nomes nos municípios que busquem parcerias com o Governo (Foto: Paulo Francis)

O governador Eduardo Riedel (PSDB) afirmou esta manhã, ao anunciar um novo secretário de Governo e Gestão Estratégica, que deve estar mais engajado com as articulações políticas por se tratar de um ano eleitoral, com escolha de prefeitos. Ele apontou que a mudança não era para atender a política, embora a saída de Pedro Caravina da pasta para assumir o mandato de deputado estadual tenha sido um desejo revelado pelo parlamentar, que está à frente da Segov desde que Riedel tomou posse.

Segundo Riedel, as mudanças não têm viés político, mas para atender as demandas de execução do Governo. O resultado do governo pode impactar na política, o contrário não, comentou. “Nossa contabilidade é sempre olhando para os resultados do governo em relação ao que ele se propôs a fazer.”

Entretanto, ele admitiu que vai estar mais engajado nos debates nos municípios, por isso considerava o novo secretário, Rodrigo Perez, que já o acompanha desde a campanha, participando da elaboração do plano de governo, “um guardião da execução das ações de governo.” O novo secretário não tem histórico de atuação política, ele vem do setor empresarial. A pasta que ele assume compreende áreas como governança, as parcerias com o setor privado, consultoria legislativa, assessoria internacional e atenção aos municípios.

O governador manifestou interesse em se dedicar para apoiar lideranças que apresentem um perfil de aliança com o Executivo Estadual. “Nosso desafio é sempre formar quadros nos municípios que tenham esse espírito, ao liderar o município, de fazer a integração com a esfera estadual para entregar o melhor para a sociedade.”

Ele foi enfático em apontar que gostaria de ver assumir nos municípios pessoas que, “além do respaldo e legitimidade das eleições”, tenham a capacidade de interlocução com o Estado para entregar políticas públicas em conjunto.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias