A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

25/06/2014 19:04

Sem chegar a consenso, PSB pode ter de decidir no voto o vice para Nelsinho

Josemil Arruda
Nelsinho Trad aguarda que o PSB indique seu vice (Foto: arquivo)Nelsinho Trad aguarda que o PSB indique seu vice (Foto: arquivo)

Sem conseguir chegar a um consenso, o Partido Socialista Brasileiro (PSB) pode ter de decidir no voto o nome do vice para compor a chapa a ser encabeçada pelo ex-prefeito Nelsinho Trad (PMDB) na disputa pelo governo do Estado. “Vai ter uma reunião na sexta-feira aqui em Campo Grande e a decisão pode ser no voto”, informou o vereador Carlos Augusto, o Carlão (PSB).

O presidente regional do PSB e prefeito de Dourados, Murilo Zauith, chega amanhã à tarde em Campo Grande para continuar as discussões com os correligionários sobre os interessados na vaga. Segundo Carlão, a vaga de vice está sendo disputada pela pastora Janete Moraes, filha do ex-prefeito de Dourados Antônio Moraes, e o vereador Sérgio Nogueira, também pastor e líder de Zauith na Câmara douradense.

Também estavam sendo coligatos os nomes do advogado José Carlos Barbosa e do médico e ex-vereador douradense Eduardo Marcondes. José Carlos, porém, já avisou que prefere continuar com seu projeto político de disputar vaga para a Assembleia Legislativa do Estado. O nome de Marcondes deixou de ser citado.

A fim de buscar o consenso teria sido oferecido para a pastora Janete Moraes a vaga de segunda suplente da pré-candidata a senadora Simone Tebet (PMDB). “Mas a pastora recusou a suplência, ela quer ser candidata a vice-governadora”, informou Carlão, revelando que o nome de Janete vem sendo defendido pelo vice-presidente estadual do PSB, ex-deputado Sérgio Assis.

Quanto à vaga de segundo suplente de senador, como não há disputa, deve acabar ficando mesmo com o ex-vice-governador Moacir Kohl, segundo o vereador Carlão. “Kohl é nosso melhor nome e não tem rejeição no lado de lá. Ele está filiado ao PSB há quatro anos”, disse o socialista.

A vaga de primeiro suplente da pré-candidata a senadora Simone Tebet ainda está sendo negociada pelo PMDB, que espera atrair pelo menos mais um partido com ela. “Essa vaga chegou a ser oferecida para o deputado Zé Teixeira, a fim de atrair o DEM, mas não deu certo”, lembrou-se Carlão.

 

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions