A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

08/05/2016 15:35

Senado decide futuro de Delcídio e Dilma Rousseff nesta semana

Fernanda Mathias
 O plenário poderá votar a cassação já na terça-feira (10). (Foto : Divulgação/Senado) O plenário poderá votar a cassação já na terça-feira (10). (Foto : Divulgação/Senado)

A pauta de votação do Senado para a semana que começa traz a admissibilidade do impeachment da presidente Dilma Rousseff e do senador Delcídio do Amaral, de Mato Grosso do Sul.

Amanhã (09), o Senado aprecia o parecer do Conselho de Ética que recomenda a perda do mandato por quebra de decoro parlamentar, atestando a constitucionalidade do processo. O plenário poderá votar a cassação já na terça-feira (10). Delcídio foi flagrado em conversa com o filho do ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró, oferecendo propina e um plano de fuga para que Cerveró não firmasse acordo de delação premiada com o Ministério Público no âmbito da Operação Lava Jato. Delcídio mesmo assinou o acordo e alegou que a tentativa de atrapalhar as investigações foi feita a pedido do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva e de Dilma.

No caso da presidente, se for aceito o processo de impeachment, o afastamento é imediato. A expectativa é que nesta segunda-feira o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), faça a leitura do resultado ao plenário da aprovação do relatório do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) na Comissão Especial do Impeachment,ocorrida sexta (06). Daí começa a contar o prazo de 48 horas para que a votação do parecer pela admissibilidade do processo seja marcada no Plenário.

Outro assunto em pauta, conforme informações da Agência Brasil, é a votação do relatório do senador Romero Jucá (PMDB-RR), da Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga denúncias contra a CBF (Confederação Brasileira de Futebol).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions