A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

09/08/2016 08:36

Senado decide nesta terça-feira se Dilma Rousseff vai a julgamento

Sessão será comandada pelo presidente do STF

Mayara Bueno
Plenário do Senado, nesta terça-feira (9). (Pedro França/Agência Senado).Plenário do Senado, nesta terça-feira (9). (Pedro França/Agência Senado).

A partir das 9h30 de Brasília, o Senado começará a discutir se a presidente afastada Dilma Rousseff (PT) vai ao julgamento final pelos crimes de responsabilidade. Se a maioria simples dos 81 parlamentares aceitar o parecer da comissão, Dilma será julgada e poderá perder o cargo definitivamente.

Comandada pelo presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski, a sessão deve durar todo o dia. As informações são da Agência Senado. Na ocasião, pelo menos 41 parlamentares deverão estar presentes no plenário.

Nesta manhã, o primeiro a falar será o relator do parecer, o senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), que terá 30 minutos para apresentar seu relatório, que foi referendado na semana passada, pela comissão.

Depois, os demais 80 senadores poderão discursar por até 10 minutos cada um. A acusação e a defesa falarão por último, sendo reservados 30 minutos para cada parte. A votação acontece na sequência. Como a denúncia é composta por quatro fatos (três decretos de créditos suplementares e as “pedaladas fiscais”), os senadores poderão apresentar requerimentos para votar quaisquer deles separadamente.

O julgamento final, caso o parecer seja aprovado hoje, acontecerá no fim de agosto, segundo o senador de MS, Waldemir Moka (PMDB), integrante da comissão de impeachment, assim como a senadora Simone Tebet, também do PMDB. Ambos são favoráveis à destituição definitiva de Dilma Rousseff.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions