A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

22/03/2011 15:42

Senadores lembram simplicidade e sensatez de Lúdio Coelho

Jorge Almoas
Lúdio Coelho era pecuarista, e foi senador e prefeito de Campo Grande (Foto: Arquivo)Lúdio Coelho era pecuarista, e foi senador e prefeito de Campo Grande (Foto: Arquivo)

Os senadores por Mato Grosso do Sul receberam com tristeza a notícia da morte do pecuarista, ex-senador e ex-prefeito de Campo Grande Lúdio Coelho, que morreu na tarde de hoje, aos 88 anos.

O senador Delcídio do Amaral (PT) comunicou a morte de Lúdio Coelho durante a sessão do Senado federal.

“Hoje é um dia muito triste para todos nós e para muitos senadores que aqui conviveram com Lúdio Coelho e aprenderam a admirá-lo não só pelo seu trabalho, mas , acima de tudo, pelo ser humano que ele era”, frisou Delcídio.

Para a senadora Marisa Serrano (PSDB), o jeito simples de lidar com todas as pessoas e no meio político é o que caracterizava a personalidade de Lúdio Coelho.

“Comuniquei ao presidente do Senado [senador José Sarney], que se mostrou consternado com a notícia. O senador Lúdio foi um exemplo de político, de líder e de homem público. Ele conseguia resolver tudo com muita prática e simplicidade. Isso me marcou”, disse Marisa.

Presidente de honra do PSDB, a morte de Lúdio, na visão da senadora, foi uma perda irreparável.

Bastante emocionado, o senador Waldemir Moka (PMDB) chamou Lúdio de amigo e referência política.

“Quando ele foi prefeito de Campo Grande, eu era vereador e ficamos muito próximos. Ele foi um símbolo de respeito, amizade e uma referência na defesa dos interesses do setor rural”, destacou.

O velório será realizado hoje na Câmara Municipal de Campo Grande.



É lamentável a perda de homens do stirpe de Ludio Martins Coelho, raros no senário político e social nos dias de hoje.
 
Dejacyr Céspedes de Souza em 22/03/2011 04:44:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions