ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SÁBADO  13    CAMPO GRANDE 17º

Política

Sérgio de Paula deixa o governo para reforçar pré-campanha de Riedel

Por José Roberto dos Santos | 10/05/2022 08:48
Estrategista: Sérgio de Paula foi coordenador de todas as campanhas que elegeram Reinaldo Azambuja a algum cargo público. (Foto: Paulo Francis/Arquivo Campo Grande News)
Estrategista: Sérgio de Paula foi coordenador de todas as campanhas que elegeram Reinaldo Azambuja a algum cargo público. (Foto: Paulo Francis/Arquivo Campo Grande News)

Braço direito do governador Reinaldo Azambuja, o secretário de Estado da Casa Civil, Sérgio de Paula, entrou de férias nesta segunda-feira (9) e vai deixar a Administração Estadual para se dedicar à pré-campanha de Eduardo Riedel.

Responsável no governo do Estado pela relação com prefeitos e vereadores, Sérgio de Paula é presidente regional do PSDB e tem amplo know how em eleições e boa convivência com agentes políticos nas prefeituras e câmaras municipais.

“Vou deixar o governo com uma missão: colaborar com a campanha de Eduardo Riedel, que é o homem mais preparado para a sucessão estadual. Dessa forma, também vou ajudar a defender o legado do governador Reinaldo Azambuja, que sanou as finanças do Estado, investiu nos 79 municípios sem olhar cor partidária, colocou Mato Grosso do Sul na liderança da vacinação contra a covid-19 e estendeu as mãos para aqueles que foram mais prejudicados pela pandemia”, contou Sérgio de Paula.

Estrategista, ele foi um dos coordenadores das campanhas de Reinaldo Azambuja para deputado estadual, deputado federal, prefeito de Campo Grande e governador, e foi chefe de gabinete dos mandatos de deputado estadual e federal (2006-2014).

Sérgio de Paula foi também secretário de Fazenda de Dourados, funcionário do Banco Real por 18 anos (chegando a gerente geral da instituição) e diretor da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul) por 8 anos.

Nos siga no Google Notícias