ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEXTA  27    CAMPO GRANDE 28º

Política

Simone ganha terreno e pode surpreender, avalia presidente do MDB

Ex-prefeita de Três Lagoas, senadora é pré-candidata à presidência da República

Por Aline dos Santos | 24/01/2022 11:30
Presidente do MDB em Mato Grosso do Sul, Mochi está otimista com projeto de Simone. (Foto: Victor Chileno/ALMS)
Presidente do MDB em Mato Grosso do Sul, Mochi está otimista com projeto de Simone. (Foto: Victor Chileno/ALMS)

O MDB de Mato Grosso do Sul se mostra otimista com a pré-candidatura de Simone Tebet à presidência da República. Enquanto o nome da atual senadora vem ganhando apoio de lideranças de outros partidos, o presidente regional do MDB, Junior Mochi, avalia que Simone pode surpreender nesse quadro de polarização entre o presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“A candidatura da Simone é extremamente relevante para o MDB e, de modo especial, para nós, o MDB de Mato Grosso do Sul. Estamos otimistas e entendemos que existe um vácuo entre as duas candidaturas mais bem colocadas. Ela vem ganhando terreno”, afirma Mochi.

O presidente do MDB de Mato Grosso do Sul destaca a trajetória da senadora, que já foi deputada estadual, prefeita de Três Lagoas e vice-governadora.

“O histórico dela fala por si. Mudou a realidade socioeconômica de Três Lagoas. É extremamente inteligente e com competência comprovada. Ela tem um caminho promissor pela frente e pode surpreender”, afirma.

Senadora Simone Tebet é pré-candidata à presidência do Brasil. (Foto: Divulgação/MDB)
Senadora Simone Tebet é pré-candidata à presidência do Brasil. (Foto: Divulgação/MDB)

O projeto presidencial de Simone foi destacado pelo senador Tasso Jereissati (PSDB/CE) em entrevista ao jornal Valor Econômico. Para o parlamentar, Simone tem mais condições de chegar ao segundo turno. A declaração foi dada apesar de os tucanos terem seu próprio nome para a chamada terceira via: João Dória, atual governador de São Paulo.

“Estamos na torcida e otimistas com relação à pré-candidatura da Simone, que vem ganhando adesão de muitas lideranças, como senador Tasso Jereissati, grande líder do PSDB”, afirma Mochi.

Com a senadora fora da disputa pela reeleição, o MDB estadual também pode lançar um filiado candidato ao Senado ou usar a vaga para compor alianças.

Nos siga no Google Notícias