A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

01/03/2012 15:06

Siufi acredita que Puccinelli vai tomar rédea e escolher candidato do grupo

Wendell Reis
Vereador prevê gastos de R$ 25 milhões em campanha para a Prefeitura(Foto: João Garrigó)Vereador prevê gastos de R$ 25 milhões em campanha para a Prefeitura(Foto: João Garrigó)

O presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, Paulo Siufi (PMDB), demonstra preocupação com a demora na escolha do candidato de seu grupo político, liderado pelo governador André Puccinelli (PMDB) e pelo prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB).

O pré-candidato a prefeito avalia que a escolha deveria ser de outra maneira, por entender que o processo está se arrastando demais, deixando um “sentimento que não é bom”. Apesar de se mostrar preocupado com a demora, o vereador prevê que o governador vai tomar as rédeas. “Alguém tem que tomar a rédea e esse alguém vai fazer. O que ele decidir: quem quiser vai junto ou busca outro lugar”.

A preocupação de Siufi com a indefinição está no fato da eleição para a prefeitura ser diferenciada em 2012. Ele ressalta que o PT tem a presidência da República e interesse direto nas capitais de todos os estados. Além disso, cita o PSDB, que corre por fora e pretende eleger prefeitos para fortalecer a candidatura à presidência em 2014. “Se desmorona o de lá, o de cá está forte. Estamos indecisos e não coesos”.

Siufi lembra que é “café pequeno e não está com o bule na mão”. Assim, depende da vontade de seus líderes, citando que em meio ao processo está o interesse particular do governador e do prefeito nas campanhas. “Parece que um é afilhado de um e o outro de outro”. O vereador alega ainda que não tem condições de sair candidato sozinho, tendo em vista que uma campanha política pode custar até R$ 25 milhões.

O presidente da Câmara lembra que a política é muito dinâmica e pode tornar amigo quem até algum tempo era inimigo, o que avalia que não ocorre nem em famílias. Para exemplificar a mudança, avalia o fato do governador André Puccinelli ter interesse na eleição de Paulo Duarte (PT) em Corumbá, para que seu aliado, Lídio Lopes (PP) ocupe uma cadeira na Assembleia Legislativa, com a saída de um de seus opositores.



Dr. Paulo acreditamos em Deus e também no seu trabalho como médico, vereador e como pessoa. Nós também temos a certeza que o Governador vai optar pelo candidato que a população de fato escolheu, por mais que só valha a última pesquisa, as outras também servirão como base. Sabemos que o plantio é aleatório (o certo ou o errado), porém a colheita é obrigatória!!! O Governador será Justo, esperamos!!
 
Marcela de Oliveira Rosa em 02/03/2012 08:49:55
Deus está a frente de tudo! O Governador é uma pessoa muitíssimo inteligente, saberá conduzir a situação e não se deixará influenciar, principalmente porque nós campograndenses queremos que a administração continue assim como o governador. O Giroto está envolvido em confusões e processos como o próprio Marquinhos Trad citou. Nós merecemos alguém a altura do prefeito e governador e não GIROTO.
 
Marcela de Oliveira Rosa em 02/03/2012 08:30:25
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions