A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

17/04/2009 13:05

Vaga para Senado motiva aliança entre PDT e PT

Redação

Durante o 3º Encontro Regional do PDT, que aconteceu hoje em Campo Grande, a proximidade entre o partido e o PT não ficou restrita a presença do deputado estadual petista, Paulo Duarte, que compôs a mesa de autoridades. O presidente de honra do PDT, João Leite Schimidt, lembrou que o ex-governador Zeca do PT, recentemente, ofereceu a vaga ao Senado para o deputado federal Dagoberto Nogueira.

Schimidt ressaltou que seu partido quer disputar as eleições do ano que vem como cabeça de uma chapa majoritária, ou seja, para o Senado ou para o governo do Estado.

"Quando alguém acena, a gente é obrigado a responder. A conversa com Zeca é muito antiga, estamos pensando, mas isso nós ainda temos de ver. Sobre a vaga para senador, o governador André Puccinelli [PMDB] tem muitos candidatos, mas não se lembrou de nós",

Puccinelli já lançou como potencias candidatos peemedebistas ao Senado o prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad e a prefeita de Três Lagoas, Simone Tebet. "O André tem nadado de braçada até agora por causa da cisão do PT",

Mesmo falando animadamente sobre uma possível aliança com o PT Schimitd frisou que o partido não decidiu com quem fechará aliança e que essa decisão, primeiro, precisa passar pela executiva e depois ser avaliada pelo diretório estadual.

Questionado sobre a possibilidade do PT se coligar com o PMDB nas eleições aqui no Estado o presidente de honra do PTD disse: "é possível, mas não provável". Segundo ele o PMDB é um partido regional "sem espinha dorsal e cada região tem um chefe".

Mais favorável a uma aliança com os peemedebistas o presidente regional do PDT, deputado estadual Ary Rigo, também afirmou que a decisão final não será tomada em curto prazo. "Podemos ficar com Puccinelli ou outro candidato, o trabalho é para chegar em 2010 com o partido organizado", reforçou. "Até janeiro participamos do governo de André", disse sem dar detalhes.

PT x PT - Dagoberto Nogueira afirmou que quer ser candidato ao Senado e vai lutar para que seja em uma coligação com o PT.

Comentando o encontro entre Zeca e Delcídio, ele disse que foi o primeiro passo para uma aliança entre os dois. "Reconheço que foi em uma situação de lançamento de uma festa. Mas eles devem se reunir em outra ocasião para firmarem aliança".

Paulo Duarte, que foi ao encontro pedetista representando Zeca, falando ao público, também advogou sobre o fim do racha dentro do PT. "Nós, do Partido dos Trabalhadores, demos o primeiro passo, e isso é extremamente importante para dar uma alternativa a Mato Grosso do Sul. O PT quer mostrar credibilidade ao PDT".

Conforme Duarte, o PT não quer chegar ao governo e governar sozinho. "Ganhamos com os partidos aliados e também governamos com eles", lembrou.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions