A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

04/07/2013 18:10

Vereador quer dinheiro de 1 mês de cobrança irregular da tarifa de ônibus

Aline dos Santos
Após pressão, valor da tarifa caiu dez centavos. (Foto: Marcos Ermínio)Após pressão, valor da tarifa caiu dez centavos. (Foto: Marcos Ermínio)

O vereador Eduardo Romero (PTdoB) encaminhou ofício ao MPE (Ministério Público Estadual) pedindo auxílio para esclarecer se o consórcio Guaicurus, que explora o transporte urbano em Campo Grande, terá que devolver o valor pago a mais pela tarifa entre primeiro de junho e primeiro de julho.

De acordo com o parlamentar, a MP (Medida Provisória) desonerando impostos foi publicada no começo do mês passado, mas o desconto de dez centavos só passou a vigorar no primeiro dia de julho. “Em 30 dias, isso dá R$ 630 mil. Esse valor tem que ser devolvido para a Prefeitura, para os usuários?”, questiona Romero.

A MP 617 zerou as alíquotas do PIS (Programa de Integração Social) e da Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) pagas por empresas de transporte coletivo urbano.

Outra solicitação feita pelo vereador é para saber se o valor da redução está correto ou poderia ser maior do que dez centavos. “Se reduzir o ISS de 5% para 2%, como na maioria das outras cidades, pode cair mais 14 centavos”, afirma.

Em 20 de junho, o prefeito Alcides Bernal (PP) anunciou a redução da tarifa de R$ 2,85 para R$ 2,75. No mesmo dia em que milhares de campo-grandenses se preparavam para sair às ruas e protestar. Dois dias antes, Romero questionou o motivo de a Prefeitura não ter implantado as medidas para redução de tarifa.



vamos pedir para os veradores devolverem também a diferença (R$) de quando tinha nove vereadores a menos, já que não afetou o caixa da câmara pagando nove a mais agora ! e também a devolver o dinheiro dos alugueis que não foram pagos e que gerou o despejo !

onde está o dinheiro dos alugueis ?

onde está o dinheiro que sobrava por não pagar nove vereadores a mais ?

vamos devolver esse dinheiro vereadores !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
FRANCISCO CARLOS ANONI em 05/07/2013 10:51:03
Vai usar para pagar o kit fruta, o café da manhã do vereadores, menos contratar mais médicos e resolver os problemas de merendas dos Ceinfs.
 
Inah Gonçalves em 05/07/2013 10:21:14
Isto ai cobrança já deste empresa. e devolução sim.
 
ANDREA MOREIRA em 05/07/2013 10:10:51
tinha que devolver para o usuário né, chega de dar dinheiro para a prefeitura, se for pra devolver para a prefeitura eu prefiro que fique com a empresa mesmo, se eu sou agredido, meu agressor é preso e tem que pagar fiança para sair, o dinheiro da fiança vai para o governo e não para quem foi agredido, eu acho isso errado, tudo que você denuncia e de certa forma vai onerar o transgressor, os valores arrecadados vão para o governo, tinha que ir para a vitima, se isso acontecesse acho que o numero de denuncia por agressão ia subir nas nuvens, é que niguém quer apanhar e ainda dar dinheiro pro governo, que vai desviar e não utilizar para alguma coisa que beneficie a população, acaba indo para o bolso de algum politico, delegado, juiz, etc.
 
MAXIMILIANO RODRIGO ANTONIO NAHAS em 05/07/2013 09:53:54
Aproveita e pede pros vereadores devolverem aquele aumento abusivo dos salario deles que foi feito a toque de caixa e na surdina junto com o aumento das tarifas de ônibus (consorcio guaicurus que ninguém investiga porque tem medo) na administração do nelsinho. E da uma olhadinha tbem na questão do lixogate (só pra não esquecer)...
 
esdras farias jr em 05/07/2013 09:04:25
Vamos pensar grande vereador, tantos problemas tem CG,e o senhor se preocupando com bobagem e tomando água de coco...
 
augusto leite em 05/07/2013 03:56:49
Aproveitando o oficio. Ele (Vereador Eduardo Romero) deveria também perguntar se ele deve devolver o dinheiro supostamente usado com gasolina, já que ele divulgou a todos os cantos de Campo Grande que tem usado bicicleta para o trabalho, mas, é campeão em gastos!!! Vai Dai!!!
 
Clayton Oliveira em 04/07/2013 23:18:26
tem que cobrar mesmo estou de acordo.
 
ana lima em 04/07/2013 22:54:35
O vereador Eduardo Romero (PTdoB) esta corretíssimo! Se as empresas estão recebendo o desconto desde 01/06/2013 e veio a dar o desconto para a população somente a partir do dia 01/07/2013, gera um intervalo de tempo de 30 dias de cobrança indevida. E pelo código do consumidor a cobrança indevida deve ser ressarcida em dobro! Dos R$ 630 mil ganhos ilicitamente pelas empresas, devem ser pagos de indenização a população R$1,26 milhões reais. Esse valor da para prefeitura contratar 42 médicos por 1 ano com salário de R$2,5 mil reais mensais para atender nos postos de saúde(postos tem muitos o que falta é médicos!). Vai a idéia para o vereador Eduardo Romero (PTdoB) e para o prefeito Alcides Bernal!
 
Alexandre de Souza em 04/07/2013 21:51:52
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions