A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Agosto de 2017

03/10/2016 17:39

Votos de Rose na região central garantiram ida ao segundo turno

Na diferença mais expressiva para o terceiro colocado, candidata tucana venceu Bernal por 7,4 mil votos

Luana Rodrigues
Sala da 36ª Zona Eleitoral, onde Rose e Marquinhos tiveram melhor desempenho. (Foto: Marcos Ermínio)Sala da 36ª Zona Eleitoral, onde Rose e Marquinhos tiveram melhor desempenho. (Foto: Marcos Ermínio)

A votação dos eleitores da 36ª zona eleitoral, região central da cidade, foi fundamental para que a candidata Rose Modesto (PSDB) alcançasse o 2º turno nas eleições para prefeito de Campo Grande.

No quadro geral, Marquinhos Trad (PSD), teve mais votos no 1º turno das eleições de domingo (2) em todas as zonas eleitorais da cidade. Mas, Rose e Alcides Bernal (PP) empataram no número de vitórias na segunda colocação considerando as diferentes regiões da Capital, com a maior vantagem da tucana chegando a 7,4 mil votos.

Os dois ficaram em segundo lugar em três das seis zonas eleitorais existentes em Campo Grande. Se Rose foi superior principalmente na área central, Bernal teve melhor desempenho na periferia.

Rose Modesto ficou em 2º lugar em três zonas eleitorais. (Foto: Alcides Neto)Rose Modesto ficou em 2º lugar em três zonas eleitorais. (Foto: Alcides Neto)
Alcides Bernal ficou em 2º lugar em três zonas eleitorais. (Foto: Arquivo)Alcides Bernal ficou em 2º lugar em três zonas eleitorais. (Foto: Arquivo)
Marquinhos venceu em todas as zonas eleitorais. (Foto: Alcides Neto)Marquinhos venceu em todas as zonas eleitorais. (Foto: Alcides Neto)

Rose Modesto ficou em 2º lugar na 8ª zona eleitoral – onde estão localizados bairros como Moreninha, Universitário, Rita Vieira, Vilas Boas, Tiradentes e Maria Aparecida Pedrossian, com 20.102 votos contra 19.414.

Na 35ª zona eleitoral - que abrange bairros como Nova Lima, Nasser, José Abrão e Santo Amaro, Rose também “venceu” com 20.129 votos contra 18.963 de Bernal.

E na 36ª zona eleitoral - que engloba região central da cidade e bairros como Novos Estados, Carandá Bosque, Veraneio, Chácara dos Poderes, Santa Fé e Chácara Cachoeira, a candidata tucana ficou a frente de Bernal com 21.642 votos contra 14.165; sendo esta a mais determinante para Rose, já que a diferença entre ela e Bernal foi de 7.477 votos.

Já Bernal teve melhor desempenho do que Rose na 44ª zona eleitoral (que engloba bairros como Tarumã, Coophavila II, Caiobá, Tijuca, São Conrado e Leblon), com 19.111 votos contra 16.100 votos de Rose.

Na 53ª zona eleitoral – que abrange bairros como Los Angeles, Centro-Oeste, Centenário, Alves Pereira, Pioneiros, Aero Rancho, Parati e Piratininga –, ele teve 26.487 votos, contra 22.810 de Rose.

E na 54ª zona eleitoral – que contém bairros como União, Taveirópolis e Nova Campo Grande, Bernal ficou em segundo lugar no número de votos: 12.988 contra 12.955 da candidata tucana.

Assim como Rose, Marquinhos Trad também teve melhor votação nas zonas que englobam a região central da cidade, e apesar de ser o mais votado, teve o pior desempenho na periferia da cidade, mais precisamente na região sul. Foram 28.399 votos na 36ª zona eleitoral e 25.024 na 53ª zona eleitoral.

Votos de Rose na região central garantiram ida ao segundo turno



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions