ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, QUINTA  03    CAMPO GRANDE 23º

Publicidades

Em um mês, número de presos infectados com covid em MS aumenta em 54,33%

No boletim da CNJ, Mato Grosso do Sul aparece em 3º entre os estados com maior número de presos infectados pela covid-19

Por Silvia Frias | 24/10/2020 17:20
Testagem rápida da covid-19 realizada em preso de MS (Foto/Divulgação)
Testagem rápida da covid-19 realizada em preso de MS (Foto/Divulgação)

Em pouco mais de um mês, os presídios de Mato Grosso do Sul registraram alta de 54,33% no número de presos infectados pela covid-19. Até agora, conforme boletim atualizado, são 2.582 casos positivos para doença e 3 mortes.

Pelo boletim da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), são 2.807 casos confirmados nos presídios, sendo 2.563 entre os presos, 19 dos que estão sendo monitorados por meio de tornozeleira eletrônica e 225 entre integrantes da polícia penal, nova classificação dada aos agentes penitenciários.

Do total dos internos infectados, 2.272 se recuperaram da doença e 289 ainda estão em tratamento nos presídios. Dos 19 monitorados, 18 já se recuperaram e uma morte foi registrada.

No dia 21 de setembro, o boletim indicava infecção de 181 servidores e 1.673 entre os presos, entre internos e monitorados.

No boletim semanal feito pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça), MS aparece na 3ª posição no Brasil com maior número de infectados. O levantamento feito com base nos dados divulgados até 21 de outubro, mostra o Estado ainda com 2.421 casos positivos para doença, atrás apenas de Minas Gerais (3.130) e São Paulo (9.148).

A Agepen recebeu testes rápidos para monitorar os presos em MS. Em notas já divulgadas, é seguido a recomendação do Depen (Departamento de Penitenciária Nacional), de testagem de pessoas com sintomas por mais de sete dias.

Além dos testes rápidos, a Agepen também já recebeu diversos materiais de proteção individual, higiene e insumos de combate ao novo coronavírus.

O sistema fornece número para informar os familiares sobre estado de saúde dos presos, o Disk-Covid.

Confira abaixo os canais de contato:

  • Estabelecimento Penal "Jair Ferreira de Carvalho" (Máxima de Campo Grande): (67) 99265-1751
  • Instituto Penal de Campo Grande: (67) 99135-6546
  • Penitenciária Masculina de Regime Fechado da Gameleira: (67) 99134-6200
  • Penitenciária Estadual de Dourados: (67) 99191-3844
Nos siga no Google Notícias