A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

08/05/2008 07:48

Começa o período crítico para a raiva

Redação

Começou o período crítico para a raiva herbívora, que atinge bovinos e eqüinos e por isso a Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) está redobrando a vigilância. As equipes da Iagro atuam no controle populacional dos morcegos hematófagos, que se alimentam de sangue.

Desde janeiro foram registrados 10 focos em propriedades rurais de Camapuã, Taquarussu, Costa Rica, Anaurilândia e Pedro Gomes, enquanto em todo o ano passado foram 18.

Como a incidência da raiva está estreitamente relacionada ao período de reprodução dos morcegos, é entre abril e junho que vigora o período de alerta. O coordenador do Programa Estadual de Combate à Raiva, Ademar Etiro Mori, afirma que dos focos, quatro foram constatados em abril e neste mês já recebeu outras informações sobre novos focos, ainda não confirmadas.

A preocupação no momento é com o município de Taquarussu, a 384 quilômetros de Campo Grande, onde a incidência maior ocorre em função do desequilíbrio ambiental causado com a hidrelétrica no rio Paranazão.

Nesta quinta-feira o Diário Oficial do Estado traz uma portaria com mudanças nas regras para controle da raiva herbívora. Além de excluir os municípios de Bela Vista, Porto Murtinho e Caracol, da obrigatoriedade de vacinação do rebanho, a medida obriga a imunização nos rebanhos de Ladário. Também traz as datas para imunizar e declarar a vacina na Iagro.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions