A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 16 de Outubro de 2017

18/10/2012 15:12

Rebanho bovino chega a 21,5 milhões em MS, o 4º maior no País

Nícholas Vasconcelos
Rebanho bovino em MS é o quarto maior no País. (Foto: ArquiRebanho bovino em MS é o quarto maior no País. (Foto: Arqui

O rebanho bovino de Mato Grosso do Sul chegou a 21.553.851 de cabeças em 2011, segundo a pesquisa de produção pecuária municipal divulgada nesta quinta-feira (18) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O Estado tem 10,1% do rebanho nacional e ocupa a quarta colocação no ranking nacional, atrás de Mato Grosso, que detém 13,8%; Minas Gerais, com 11,2% e Goiás que tem 10,2%. Em todo país, o rebanho bovino atingiu 212.797.824 no ano do levantamento.

No Brasil, o rebanho de bovinos aumentou 1,6% entre 2010 e 2011 e chegou a 212,8 milhões de cabeças no ano passado. Os rebanhos cresceram nas regiões Nordeste, 2,9%; Sudeste, 2,8% e Norte 2,7%. O ritmo de crescimento na Região Norte foi menor do que nos anos anteriores, segundo o IBGE, por causa do aumento da fiscalização contra o desmatamento, o que inibe a expansão de rebanhos.

Entre os municípios, São Felix do Xingu (PA) continuou tendo o maior rebanho bovino do país, com 1% do total nacional. Corumbá e Ribas do Rio Pardo, em Mato Grosso do Sul, também continuaram ocupando as segunda e terceira posições, com 1.700.651 e 1.147.142 animais respectivamente.

De acordo com o IBGE, o rebanho de búfalos foi o que teve o crescimento mais expressivo no país entre 2010 e 2011, com aumento de 7,8%. A Pesquisa de Produção Pecuária Municipal, divulgada nesta quinta-feira (18) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), registrou 1,78 milhão de bubalinos, dos quais 38% se encontram no estado do Pará. O Amapá, com 18,4% do rebanho nacional, e o Maranhão, com 6,5%, também concentram número significativo de búfalos.

Na Região Sul, o número de bovinos registrado pelo IBGE em 31 de dezembro de 2011 foi o mesmo de igual período do ano anterior. O mesmo ocorreu na Região Centro-Oeste, que manteve-se como detentora do maior rebanho do país, com 34,1% do total. A Região Norte, dona do segundo maior rebanho, concentrava 20,3% do total.

O rebanho suíno porcos chegou a 39,3 milhões de cabeças, o que representa aumento de 0,9% entre 2010 e 2011. Os três estados do Sul concentram 48,6% do rebanho do país, sendo Santa Catarina o estado com maior número de animais, 20,3% do total.




também pudera, com o preço do quilo da carne a peso de ouro, uma vergonha, enquanto isso os fazendeiros nadando de braçadas e dando risadas, e a cada dia mais ricos.
 
joelmir silva em 19/10/2012 07:20:26
Bons tempos em que éramos o primeiro em número absoluto de bovinos. A nossa pecuária já não é mais a mesma por culpa de políticas e políticos errados.
 
Marco Aurélio Gonçalves Chaves em 18/10/2012 21:38:11
segue para analise
 
LUIZ CARLOS MORAIS VILHAGRA em 18/10/2012 19:42:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions