ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  01    CAMPO GRANDE 21º

Saúde em Equilíbrio

Por que usuários de álcool e drogas necessitam de tratamento especializado?

Por Daniel Gregório | 04/04/2022 19:45
(foto: divulgação)
(foto: divulgação)

Não há dúvidas que dependentes químicos e alcoólatras precisam de ajuda profissional, que pode ser encontrada tanto em uma clínica de recuperação masculina, quanto feminina ou aquelas que também aceitam menores de idade. Mas por que usuários de álcool e drogas necessitam de tratamento especializado? É o que você irá descobrir neste artigo. Boa leitura!

Mesmo com muitas informações disponíveis e com a facilidade de acesso à elas na internet, existe um grande número de pessoas que têm uma visão equivocada sobre a dependência química e alcoolismo.

Essas pessoas costumam assimilar um dependente químico ou alcoólatra a alguém de má índole, com um caráter duvidoso. Não compreendem que tanto o alcoolismo quanto a dependência química são doenças.

É isso mesmo. Dependência química/alcoólica é considerada como uma doença crônica multifatorial, que prejudica e danifica a vida da pessoa nas esferas sociais, psicológicas e biológicas.

Por intermédio do tratamento é possível retirar todos os sintomas e sinais deixados pela dependência, bem como outras doenças que podem vir a se desenvolver e dos hábitos que vêm com ela.

O tratamento contra a dependência química/alcoólica é uma forma de controlar as compulsões e obsessões que o dependente sente pelas substâncias que faz uso.

Esse tipo de tratamento faz com que o dependente entenda aquilo que ele está passando no momento e posteriormente aceite a sua condição, para que assim se esforce na sua própria recuperação.

O combate às drogas e álcool feito na clínica de recuperação masculina ou feminina consiste em identificar as causas biológicas, sociais e psicológicas de cada pessoa para recorrer ao uso das substâncias mencionadas.

Por que a clínica de recuperação é tão importante?

(foto: divulgação)
(foto: divulgação)

De acordo com recomendações da própria Organização Mundial de Saúde, o tratamento da dependência química/alcoólica deve ser o mais complexo e multiprofissional possível, visto que a dependência afeta muitas áreas da vida do paciente.

Dessa forma a clínica de reabilitação se coloca como a melhor opção frente ao tratamento da dependência de drogas e álcool.

Não só afastando o adicto fisicamente da substância a qual depende, como empregando diversos tipos de tratamentos.

Daí você pode estar se perguntando: mas não é possível parar de usar drogas ou álcool sem fazer um tratamento em uma clínica de recuperação?

E sim, é possível, desde que quem consome tais substâncias o faça de forma moderada.

Mas quando falamos de uma situação de dependência, dificilmente a pessoa conseguirá interromper o consumo sem ajuda profissional, pois seu corpo e mente desejam consumir e estar sob efeito do álcool ou outras drogas.

O dependente se comporta de forma compulsiva e pensa de forma obsessiva sobre sua droga de preferência.

Falando da obsessão trata-se de um ato mental, desde pensamentos, impulsos, imaginações e imagens, que são de cunho repetitivo e persistente, assim no dependente a ideia do uso e consumo e de realizar ações enquanto sob efeito de drogas é obsessiva.

No caso da compulsão, é o comportamento repetitivo visando aliviar a tensão e estresse causados pela obsessão, assim realizando as ideias que tinha anteriormente, para o dependente seria o ato de consumirem substâncias de maneira repetitiva e até sua satisfação.

Dito isso, talvez fique claro para você a complexidade que existe na dependência química e alcoolismo. E porque usuários de álcool e drogas necessitam de tratamento especializado.

Nos siga no Google Notícias