A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Outubro de 2017

27/01/2013 12:21

BR-163 continua interditada e deve ser liberada dentro de cinco dias

Viviane Oliveira
A rodovia está interditada desde às 8 horas de ontem (26).  (Foto: Agora MT)A rodovia está interditada desde às 8 horas de ontem (26). (Foto: Agora MT)

Continua interditada a rodovia BR-163 no trecho que liga Rondonópolis (MT) a Campo Grande. Uma queda de barreira interditou a rodovia na manhã deste sábado (27) em Itiquira, a 46 quilômetros de Mato Grosso do Sul. De acordo a equipe de manutenção serão necessários de três a cinco dias para que a pista volte a ter condições de tráfego.

A interdição foi motivada por uma forte enxurrada que acabou destruindo 20 metros de pista da rodovia. Segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal) os motoristas devem evitar se dirigir ao local, os desvios indicados também já apresentam problemas, pois o trânsito pesado de carretas começou a criar pontos onde carros e veículos pesados estão ficando atolados.

De acordo com a Polícia Militar, no município de Itiquira (MT) não é possível passar pelo desvio que está sendo feito pela cidade , pois o mesmo já apresenta pontos de atolamento e com a volta das chuvas a situação tende a piorar.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) divulgou caminhos alternativos. Para quem sai de Campo Grande com destino ao MT, a rota pode ser desviada na altura do km 575 da BR-163 (Posto São Pedro).

O condutor entra na a BR-060, seguindo sentido Camapuã/MS, posteriormente, Jataí (GO) e em seguida Rondonópolis (MT). A viagem aumenta 264 km com o desvio por Camapuã / Chapadão do Céu e Alto Taquari. Somente pela BR-163, a viagem de Campo Grande a Rondonópolis é de 484 km.

Uma segunda alternativa é “pegar” a BR-359 em Coxim sentido Alcinópolis, que sai em Alto Taquari, Alto Araguaia e Rondonópolis. Para maiores informações e orientação ligue na Delegacia da PRF em Rondonópolis – (66) 3421-1444.

Homem de 74 anos morre em hospital após ser atropelado por moto
Idoso de 74 anos morreu 13 dias depois após ser atropelado por uma motocicleta, por volta das 14h do dia 9 deste mês, na cidade de Rio Verde de Mato ...
Detran do MS adere a sistema que dá até 40% de descontos em multas
O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) aderiu ao SNE (Sistema de Notificação Eletrônica) e dará até 40% de desconto no...



Liguei na PRF de Rondonopolis e fui informado que já tem meia pista liberado para o tráfego de veiculos. 30/01/2013 as 12:10.
 
Aloyzio Araujo Filho em 30/01/2013 12:17:04
Esta é uma mostra da diferença de um país de 1º mundo por outro, com políticos de 3º mundo...
Quando houve a tsunami que arrasou a costa nordeste do Japão, em março/2011, reconstruíram um estrada de 150 km, parcialmente destruída pelas águas, em 06 (seis) dias.
Aqui, em terra brasilis, para arrumarem pouco mais de 20 metros de rodovia, querem o mesmo prazo??
Só o custo é que com certeza ficará igual.
 
Rodney OSilva em 28/01/2013 09:17:01
Entrando na BR 060 no Posto S. Pedro, rumo a Camapuã, com destino a Rondonópolis, não há necessidade alguma de ir até Jataí - GO.
Sugiro: Posto S. Pedro - Camapuã - Figueirão - Alcinopólis - Baús (pela BR 359 - até a MS 306). De Baús a Alto Taquari - Alto Araguaia - Alto Garças - (descendo a Serra da Petrovina) e alcançando Rondonópolis.
Com certeza vai encurtar caminho.
A segunda alternativa é ir até Coxim e dai pela BR 359 até Baús.
Ou ainda tomando a BR 060 no Posto S. Pedro até Chapadão do Sul e tomar a MS 306 até a Alto Taquari.
Porém, o desvio na BR 163, passando pela cidade de Itiquira apresenta apenas um ponto mais crítico e são apenas 13 km de terra.
 
Juvenal Coelho Ribeiro em 27/01/2013 20:14:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions