A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018

05/06/2017 11:11

Acidente na BR-262 foi em tentativa de ultrapassagem, diz testemunha

Viviane Oliveira e Marcus Moura
Curiosos no local onde ocorreu acidente com morte e sete vítimas (Foto: André Bittar) Curiosos no local onde ocorreu acidente com morte e sete vítimas (Foto: André Bittar)

Acidente entre veículo de passeio e caminhonete foi durante tentativa de ultrapassagem, segundo testemunha. A colisão, que foi de frente, matou uma mulher e deixou sete pessoas feridas. O fato aconteceu na manhã desta segunda-feira (5), no km 264, da BR-262, próximo a Ribas do Rio Pardo, distante 102 quilômetro de Campo Grande.

Conforme o condutor Paulo Sérgio Gimenes, 32 anos, que presenciou a batida, a colisão foi causada pela caminhonete Mitsubishi Triton L-200, que forçou ultrapassagem. “O motorista foi podar um caminhão, quando invadiu a pista contrária e colidiu de frente com Hyundai HB-20 Sedan”, explica.

O motorista do carro de passeio foi identificado como Antônio, militar do Corpo de Bombeiros. Ele seguia ao sentido Três Lagoas e tinha como passageiros quatro pessoas, sendo um homem e três mulheres. Uma delas, que seria a sogra do militar, morreu no local.

Antônio foi socorrido pelo Helicóptero da Polícia Militar e levado à Santa Casa. O estado de saúde dele é grave. Já a caminhonete, que pertence a uma empresa, era ocupada por três homens. Eles foram socorridos por terceiros para o Hospital de Ribas do Rio Pardo. Ainda não foram informados os nomes dos envolvidos.

A rodovia ficou por mais de 1 hora interditada nos dois lados. O acidente causou congestionamento de 8 a 10 quilômetros, segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal). Os dois carros envolvidos na batida ficaram destruídos. 

Resgate - Antônio, que ficou politraumatizado, foi resgatado pelo helicóptero da Polícia Militar. A rodovia foi bloqueada para a aeronave pousar. No local havia uma pessoa presa nas ferragens. Ainda não há informação sobre o estado de saúde dos outros feridos. Veja a galeria de fotos. 




“O motorista foi podar um caminhão"
Não conseguiu porque o caminhão era grande.
Melhor seria se tivesse utilizado a palavra correta que é "ultrapassar".
Terrível quando um jornalista não sabe nem o que esta escrevendo.
 
Paulo em 05/06/2017 12:55:07
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions