ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 28º

Lugares por Onde Ando

Costa Rica programa volta do turismo a partir de 15 de outubro

Por Paulo Nonato de Souza | 12/09/2020 08:54
Parque Natural Municipal Salto do Sucuriú, distante apenas 3 km do centro da cidade de Costa Rica, no norte de Mato Grosso do Sul (Foto: Antonio Luz/Divulgação)
Parque Natural Municipal Salto do Sucuriú, distante apenas 3 km do centro da cidade de Costa Rica, no norte de Mato Grosso do Sul (Foto: Antonio Luz/Divulgação)

A partir do dia 15 de outubro, Costa Rica vai reabrir suas portas para o turismo com expectativa de atrair a atenção dos visitantes para o Parque Natural Municipal Salto do Sucuriú, um dos seus principais atrativos turísticos, localizado a 3 km em relação ao centro da cidade.

Com as atividades suspensas desde março por conta da pandemia do coronavírus, Costa Rica planeja a volta do turismo justamente na abertura da alta temporada, segundo o secretário municipal de Turismo, Keyler Simey Garcia Barbosa.

“O Parque Natural Municipal Salto do Sucuriú é o nosso principal cartão postal e estamos ultimando os cuidados com a sua estruturação conforme os protocolos de biossegurança, desde reforma da piscina e reforma dos banheiros para a nossa retomada na segunda quinzena de outubro”, disse o secretário.

Segundo Keyler Simey Garcia Barbosa, alguns atrativos já estão funcionando com restrições e horários diferenciados apenas para quem vive em Costa Rica, incluindo bares e restaurantes, e a intenção é abrir geral a partir de 15 de outubro. Isso se o quadro de contágio do coronavírus permanecer estável.

O fenômeno natural da bioluminescência no Parque Nacional das Emas acontece no início do período das chuvas e vai até dezembro (Foto: Reprodução)
O fenômeno natural da bioluminescência no Parque Nacional das Emas acontece no início do período das chuvas e vai até dezembro (Foto: Reprodução)

Vale lembrar que o início da alta temporada do turismo em Costa Rica, município distante 375 km de Campo Grande, é marcado por um atrativo especial que vai de outubro a dezembro, quando acontece o período de chuvas. É o fenômeno da bioluminescência dos cupinzeiros no Parque Nacional das Emas, uma unidade de conservação de 132 mil hectares que abrange os estados de Goiás e Mato Grosso do Sul.

A bioluminescência acontece por conta de uma espécie de vagalume que deposita seus ovos nos buracos dos cupinzeiros. As larvas emitem luzes verdes que brilham e podem ser vistas em noites sem lua e úmidas.

“Acredito que este fenômeno raro só acontece no Parque Nacional das Emas, sempre entre outubro e dezembro, especialmente no início do período das chuvas. Sem dúvida é uma beleza fantástica que vale a pena conhecer, desde que acompanhado de guias treinados”, alertou o secretario municipal de Turismo.

Para realizar o passeio noturno no parque é preciso fazer agendamento e comprar seu voucher (R$ 150 por pessoa). Informações na Central de Atendimento ao Turista, na Praça Central de Costa Rica, na Avenida José Ferreira da Costa, telefone (67) 98127-1952.

SERVIÇO - Secretaria Municipal de Turismo, Meio Ambiente, Esporte e Cultura de Costa Rica. Telefones (67) 99964-2735 / 3247-7070.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário