A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Setembro de 2019


03/09/2019 06:28

Prêmio nacional incentiva criatividade para melhorar destinos turísticos

Escolhas terão foco apenas em propostas de vanguarda e prazo de inscrição vai até o dia 17 de outubro

Paulo Nonato de Souza
A inovação: Pulseiras coloridas controlam o acesso aos Lençóis Maranhenses em scanners montados nas principais entradas e saídas da unidade de conservação no nordeste do Maranhão (Foto: Reprodução/TV Mirante)A inovação: Pulseiras coloridas controlam o acesso aos Lençóis Maranhenses em scanners montados nas principais entradas e saídas da unidade de conservação no nordeste do Maranhão (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Já está valendo o prazo de inscrição de propostas no Prêmio Nacional do Turismo 2019. A iniciativa do Ministério do Turismo em parceria com o Conselho Nacional de Turismo abre caminho para a criatividade e ideias inovadoras no setor turístico brasileiro, como o Voucher Digital, um dos premiados na edição de 2018, que tem ajudado a organizar o fluxo de turistas no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, no município de Barreirinhas, distante 252 km de São Luís, capital do Maranhão.

A tecnologia maranhense é um exemplo de inovação para outros destinos turísticos, como Bonito, Jardim, Bodoquena e o Pantanal, em Mato Grosso do Sul, que todos os anos acolhem milhares de turistas. O voucher digital agrega todos os dados do turista, desde origem, destino, tempo de permanência, agência de viagens e hotel onde está hospedado, e para ter acesso ao passeio tem que passar antes por um scanner que compartilha suas informações em tempo real pelos operadores do sistema.

São pulseiras coloridas, onde as cores identificam turistas e operadores do sistema. Por exemplo, as amarelas são para turistas e azuis para os guias e condutores de veículos credenciados, e o controle é total. O fluxo de turistas e impostos gerados pelo setor passou a ser monitorado diariamente, e o setor que antes do voucher atuava de forma desorganizada e irregular, passou a ter tudo em dia, inclusive com o FGTS dos seus trabalhadores. A agencia de viagem que não estiver em dia não consegue se cadastrar e sem o cadastro não pode operar.

O controle do fluxo de turistas no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses é um exemplo de inovação no setor turístico (Foto: Reprodução)O controle do fluxo de turistas no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses é um exemplo de inovação no setor turístico (Foto: Reprodução)

“A ideia do prêmio é reforçar o engajamento por avanços. Vivemos um momento único no turismo, com uma série de medidas que estão dinamizando o aproveitamento do nosso potencial, e isso exige inovação. O objetivo é não apenas reconhecer ações, mas apontá-las como grandes exemplos a serem seguidos”, disse o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

Os editais do prêmio deste ano foram lançados nesta segunda-feira, dia 2, e os interessados terão até o dia 17 de outubro para inscrever seus projetos. “O Prêmio Nacional do Turismo tem como objetivo identificar, reconhecer e premiar iniciativas de destaque do turismo e profissionais que tenham inovado ou trabalhado de forma proativa para o desenvolvimento do turismo no país”, diz nota divulgada pela Ministério do Turismo.

Assim, gestores públicos, privados e representantes da sociedade civil que atuam no setor turístico terão chance de expor ações de vanguarda e conquistar reconhecimento. Veja como inscrever sua proposta - clicando aqui - entre as 11 categorias premiadas:

+ Fortalecimento da Gestão Integrada e Descentralizada do Turismo;

+ Gestão de Dados e Monitoramento no Turismo;

+ Sensibilização, Qualificação,

+ Certificação e Formalização no Turismo;

+ Aproveitamento do Patrimônio Cultural para o Turismo;

+ Aproveitamento do Patrimônio Natural para o Turismo;

+ Turismo de Base Local;

+ Produção Associada ao Turismo;

+ Turismo Social;

+ Tecnologia no Turismo; Marketing e Comercialização do Turismo;

+ Melhoria do Ambiente de Negócios e Atração De Investimentos.

As iniciativas elegíveis devem cumprir os seguintes requisitos: serem aplicáveis especificamente no setor de turismo, apresentar resultados mensurados e efetivos que impactaram o turista e o desenvolvimento do ramo nos últimos 24 meses e não terem sido premiadas anteriormente. As propostas serão submetidas a uma comissão julgadora, composta por representantes do MTur, do CNT e especialistas nas categorias.

O resultado preliminar da etapa de habilitação dos projetos vai ser divulgado em 30 de outubro e o resultado preliminar dos finalistas, dia 21 de novembro. As publicações estarão no site do Ministério do Turismo (www.turismo.gov.br), e o anúncio dos vencedores do Prêmio (primeiro, segundo e terceiro colocados) ocorrerá durante cerimônia marcada para o dia 5 de dezembro deste ano, em Belo Horizonte (MG).

imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.