ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  01    CAMPO GRANDE 27º

Cidades

Com só 15% de imunizados, MS chega a 328,4 mil casos e 7.953 óbitos pela covid

Ritmo de vacinação, até o momento, segue devagar no Estado, que ainda assim é o que mais vacina no País

Por Guilherme Correia | 24/06/2021 11:04
Moradores de Campo Grande fazem fila em exame para detectar covid (Foto: Marcos Maluf/Arquivo)
Moradores de Campo Grande fazem fila em exame para detectar covid (Foto: Marcos Maluf/Arquivo)

Boletim epidemiológico publicado nesta quinta-feira (24) acrescenta 1,1 mil casos e 39 mortes por covid-19 em Mato Grosso do Sul. Além disso, 15,3% da população total já recebeu duas doses de vacina, que garantem total eficácia prevista contra casos de coronavírus.

Com os dados registrados nas últimas 24 horas, o Estado acumula 328,4 mil casos e 7.953 óbitos desde o início da pandemia.

A macrorregião de saúde de Campo Grande, que engloba outros municípios, é a em situação mais crítica conforme o documento. Todos os leitos de terapia intensiva estão ocupados e há excedente de 4% de pacientes acima da capacidade. Corumbá também está em estado preocupante, com 100% dos leitos ocupados, seguido por Três Lagoas (97%) e Dourados (91%).

Quase metade (22) das mortes registradas hoje em boletim eram de pacientes com menos de 60 anos. A vítima mais jovem era um campo-grandense, de 26 anos, que não tinham comorbidades.

Vacinas - A boa notícia da semana é que o Ministério da Saúde deverá repassar 150 mil doses de vacina da Janssen, que virão de doação feita pelos Estados Unidos, a Mato Grosso do Sul, que as utilizará para fazer estudo nas cidades fronteiriças. Isso só foi possível por conta da pressão feita pela própria população, por parlamentares e entidades sul-mato-grossenses.

Conforme antecipado mais cedo pelo Campo Grande News, os 13 municípios que fazem fronteira com Bolívia ou Paraguai serão contemplados com todos esses imunizantes. Portanto, Mundo Novo, Japorã, Sete Quedas, Paranhos, Coronel Sapucaia, Aral Moreira, Ponta Porã, Antônio João, Bela Vista, Caracol, Porto Murtinho, Corumbá e Ladário.

Segundo estimativa populacional feita pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), esses 13 municípios somam 367.494 habitantes. Ao subtrair esse número pelo total de vacinas de 1ª dose aplicadas em todas essas cidades, sobrariam 225.291 pessoas.

Vale ressaltar que o estudo pretende aplicar doses da Janssen em pessoas com 18 anos ou mais, o que reduziria para cerca de 180 mil habitantes que estariam inclusos nessa vacinação.

Portanto, esses imunizantes cobririam cerca de 83% da população adulta que ainda não tomaram nenhuma dose, ou aproximadamente 66% da população total.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário