ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  02    CAMPO GRANDE 29º

Cidades

Coronavac é liberada para vacinação de criança e adolescente entre 6 e 17 anos

Uso em pessoas com baixa imunidade, os imunossuprimidos, foi vetado pela Anvisa

Por Ana Paula Chuva | 20/01/2022 12:18
Versão usada em adultos será a mesma aplicada em crianças. (Foto: Marcos Maluf | Arquivo)
Versão usada em adultos será a mesma aplicada em crianças. (Foto: Marcos Maluf | Arquivo)

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorizou nesta quinta-feira (20), a aplicação do imunizante Coronavac em crianças e adolescentes entre 6 e 17 anos com esquema vacinal igual ao dos adultos, duas doses aplicadas em um intervalo de 28 dias. No entanto, o uso em pessoas com baixa imunidade foi vetado.

Para o público com comorbidades, doenças ou condições prévias que agravam a covid-19, a aplicação também está liberada. A vacina será a mesma usada em adultos, sem qualquer adaptação de versão pediátrica, no entanto, a agência não determinou quando começa a vacinação.

De acordo com o G1, a decisão foi unânime e tomada durante análise do segundo pedido do Instituto Butantan para a liberação do imunizante contra a covid-19 para o público infantil, que buscava autorização para imunizar crianças a partir dos 3 anos, mas a Anvisa optou por mais esperar mais estudos.

Em julho de 2021, o primeiro pedido foi enviado para a Anvisa e foi negado, porque os dados dos estudos foram considerados insuficientes. Já em dezembro do mesmo ano, o Butantan protocolou a segunda solicitação e, desde então, estão sendo feitas diversas reuniões, em que mais de 10 estudos sobre a vacina foram entregues.

Ao menos, seis países já usam a Coronavac na imunização de crianças, entre eles, o Camboja, Chile, China, Colômbia, Equador, Indonésia e a cidade de Hong Kong.

Nos siga no Google Notícias