ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  10    CAMPO GRANDE 12º

Cidades

Minas Gerais investiga 1ª morte suspeita por varíola dos macacos

A morte suspeita da doença foi notificada no último sábado (16)

Por Adriano Fernandes | 13/06/2022 19:39
Material coletado para testes em laboratório. (Foto: Karolina Grabowska/Pexels/FotoIlustrativa)
Material coletado para testes em laboratório. (Foto: Karolina Grabowska/Pexels/FotoIlustrativa)

A SES-MG (Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais) investiga uma suspeita de morte causada pela varíola dos macacos no estado. É o primeiro caso em investigação pela doença em Minas Gerais. A morte suspeita da doença foi notificada no último sábado (16) e conforme a SES-MG, a pessoa morava em Uberlândia, mas trabalhava em Araguari, no Triângulo Mineiro.

Diante da suspeita, uma amostra foi coletada no paciente que morreu foi enviada para análise laboratorial da Fundação Ezequiel Dias, em Belo Horizonte, para o diagnóstico laboratorial. "Todos os dados clínicos também serão avaliados pela equipe técnica da Secretaria Estadual e do Ministério da Saúde para classificação e encerramento do caso", informou a secretaria em nota, divulgada pela revista Exame.

A secretaria estadual de Minas e as secretarias municipais de Saúde de Araguari e Uberlândia estão investigando o caso e monitorando os contatos próximos da vítima. Em nota, a SES-MG pontuo que não vai divulga demais dados quanto ao caso, para preservar a privacidade e individualidade do paciente.

Até agora, o Brasil confirmou três casos de varíola dos macacos. Dois em São Paulo e o terceiro caso foi detectado no Rio Grande do Sul. Há pelo menos outros seis casos em investigação. Até a última sexta-feira (10) também havia a suspeita de que um adolescente, de 16 anos, que está internado na Santa Casa de Corumbá também estivesse com a doença, mas essa possibilidade foi descartada.


Nos siga no Google Notícias