ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 23º

Cidades

MS recebe líderes de facções após onda de mortes

Grupo de 13 presos vai para penitenciárias federais de Campo Grande, Mossoró e Porto Velho

Aline dos Santos | 15/09/2022 11:15
Comboio em área ao lado do aeroporto de Porto Alegre. (Foto: Rodrigo Ziebell / Palácio Piratini)
Comboio em área ao lado do aeroporto de Porto Alegre. (Foto: Rodrigo Ziebell / Palácio Piratini)

A penitenciária federal de Campo Grande vai receber lideranças de facções criminosas do Rio Grande do Sul, transferidas durante mega operação desde a madrugada desta quinta-feira (dia 15). De acordo com o jornal digital GZH, o Zero Hora, são 13 detentos,  que serão levados para penitenciárias de MS, Rio Grande do Norte (Mossoró) e Rondônia (Porto Velho). Os nomes dos presos não foram divulgados.

Eles são apontados como líderes de quatro facções diferentes no Rio Grande do Sul: uma delas criada dentro de prisões de Porto Alegre, e outras nascidas na Vila Cruzeiro, Bom Jesus e Vale do Sinos. Segundo o jornal, a onda de conflitos entre facções já deixou pelo menos 29 mortos e 42 feridos desde o final de junho.

Penitenciária Federal de Campo Grande recebe presos transferidos do RS. (Foto: Henrique Kawaminami)
Penitenciária Federal de Campo Grande recebe presos transferidos do RS. (Foto: Henrique Kawaminami)

Do grupo transferido nesta quinta-feira na operação Império da Lei IV, 12 respondem por homicídios, sendo um deles investigado por 23 assassinatos. Outro responde por latrocínio (roubo com morte) e um dos presos soma 59 passagens por tráfico de drogas.

De acordo com nota divulgada no portal do governo do Rio Grande do Sul, a ação é uma reposta ao crime organizado.

A operação começou na madrugada de hoje, por volta das 4h, quando os detentos, que estavam na Pasc (Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas) e na Pmec (Penitenciária Modulada Estadual de Charqueadas), passaram por revista e realizaram teste de covid-19, sendo todos negativos.

Policiais buscar detentos em penitenciária para a transferência. (Foto: Rodrigo Ziebell / Palácio Piratini)
Policiais buscar detentos em penitenciária para a transferência. (Foto: Rodrigo Ziebell / Palácio Piratini)

A partir das 6h, em um comboio único, 30 viaturas percorreram o trajeto de 55 quilômetros até o Batalhão de Aviação, ao lado do aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre. Os presos foram  entregues aos agentes do Depen (Departamento Penitenciário Nacional) e embarcaram no avião da PF (Polícia Federal).

Nos siga no Google Notícias