A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Julho de 2019

17/06/2019 13:19

MS tornou-se "grande mercado consumidor" de drogas, diz secretário

Em evento hoje, titular da Sejups, Antonio Videira, falou sobre trabalho de combate ao narcotráfico e proximidade com fronteira

Silvia Frias e Aline dos Santos
Secretário Antonio Carlos Videira durante abertura da XXI Semana Nacional sobre Drogas (Foto: Henrique Kawaminami)Secretário Antonio Carlos Videira durante abertura da XXI Semana Nacional sobre Drogas (Foto: Henrique Kawaminami)

Na abertura da XXI Semana Nacional sobre Drogas, o secretário estadual de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Antonio Carlos Videira, disse que o Estado deixou de ser apenas corredor do tráfico, mas, também, “um grande mercado consumidor”.

“Estamos pagando preço muito alto, mas temos algumas melhorias”, disse o secretário. Sem apresentar índices, disse que os crimes nas regiões de fronteira tiveram redução. Apenas nos casos de feminicídio esse percentual de queda, apesar de existente, foi menor (-1,3%).

O secretário também falou do trabalho de prevenção ao crime e que o Estado apreendeu 160 toneladas de drogas este ano.

Internação - também durante a solenidade, a presidente do Cead MS (Conselho stadual de Políticas sobre Drogas), Denise Souza e Silva, disse que entidade está trabalhando parar combater as “falácias” sobre a internação involuntária, aprovada pelo governo federal.

Denise enfatizou que o prazo máximo de internação é de 90 dias e “traz novas esperanças e expectativas” no tratamento, promovendo inclusão as comunidades terapêuticas.

O tema foi considerado polêmico e, antes mesmo da lei, debatido em Campo Grande. Em fevereiro, o Conselho de Segurança do Centro e a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) propuseram abaixo-assinado, com objetivo de formular lei para internação involuntária de usuários de drogas.

Denise destacou o trabalho realizado pela Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) que faz o tratamento no sistema carcerário desde 2011.

A XXI Semana Nacional, IV Semana Estadual e II Semana Municipal sobre Drogas começou hoje e vai até dia 25 com programação de palestras e oficinas.

Hoje à tarde, a partir das 14h, serão promovidas três oficinas que discutiram assuntos como: “Mobilização, Integração e Participação”, “Práticas Educativas Multidisciplinares na UNEI-Pantanal” e o “Programa Mobilizador de Prevenção nas Escolas.

Amanhã, das 8h às 17h, terá o 1º Fórum Estadual sobre as Práticas de Intervenção Preventiva às Drogas: Da Apreensão à Reclusão.

A Semana Nacional sobre Drogas completa sua 21º edição e tem como reafirmar a responsabilidade compartilhada entre o governo e a sociedade civil na prevenção às drogas por meio de ações.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions