ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, QUARTA  08    CAMPO GRANDE 21º

Cidades

Preso na Bolívia, "gerente" do bando que roubou aviões é extraditado para MS

Lazaro da Silva Ramires foi responsável pela logística do roubo de 3 aeronaves no aeroclube de Aquidauana

Por Adriano Fernandes | 20/10/2021 21:49
Uma das aeronaves que foram roubadas de aeroclube. (Foto: Direto das Ruas)
Uma das aeronaves que foram roubadas de aeroclube. (Foto: Direto das Ruas)

Preso pela polícia boliviana em uma rodovia próximo a divisa Bolívia/Argentina, Lazaro da Silva Ramires, apontado como o "gerente" responsável pela logística do roubo de 3 aeronaves no Aeroclube de Aquidauana, foi entregue à Polícia Civil de Mato Grosso do Sul. Lazaro foi encontrado com outros dois brasileiros em um transporte público.

Ele estava sem documento de identidade e há suspeita de que ele estivesse se apresentando com um nome falso. Diante da constatação de que o criminoso era alvo de um mandado de prisão expedido pelo Juiz da Vara Criminal de Aquidauna, a polícia boliviana expulsou ele do país, juntamente com a dupla.

Após serem expulsos, os brasileiros foram entregues à Polícia Federal, que por sua vez, os encaminhou para a Polícia Civil de Mato Grosso do Sul. O caso é investigado pelo Dracco (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado), que busca identificar todos os envolvidos no crime, bem como a recuperação das aeronaves.

Até o momento, 4 pessoas foram presas. Além de Lazaro, Ivanildo da Silva Dias, o "Nego", Roger Breno Wirmond dos Santos, de 22 anos, conhecido como “Zóio” e Cristhofer Cristaldo Rocha, de 20 anos.

Outro suspeito de ser o mandante do crime, Laudelino Ferreira Vieira, o “Lino”, continua foragido desde junho, após protagonizar fuga misteriosa do Estabelecimento Penal Jair Ferreira de Carvalho, a Máxima de Campo Grande.

O crime - Na madrugada do dia 6 de setembro, dezoito homens invadiram o Aeroclube de Aquidauana e embarcaram nas aeronaves, depois de amarrarem o caseiro do aeroclube e dois filhos. A tentativa foi de levar cinco aeronaves, mas só foi possível decolar com três delas. Um dos aviões pertence ao cantor, ator e pecuarista Almir Sater.

Foram levados um avião Bonanza Modelo V35B (matrícula PT-ING) e dois Cessna Modelo 182 (matrículas PT-KDI e PT-DST). A primeira aeronave pertence a Zelito Alves Ribeiro, irmão do prefeito de Aquidauana, Odilon Ferraz Alves Ribeiro (PSDB). O segundo avião, com matrícula PT-KDI, está em nome da empresária Liliane Paschoaletto Trindade.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário