ACOMPANHE-NOS    
FEVEREIRO, SÁBADO  27    CAMPO GRANDE 23º

Cidades

Preso no Paraguai, "Bonitão do PCC" foi entregue à PF no Brasil

Giovanni Barbosa responde pelos crimes de tráfico internacional de drogas e armas

Por Lucia Morel e Helio de Freitas, de Dourados | 10/01/2021 14:43
Preso sendo entregue à Polícia Federal na Ponta da Amizade. (Foto: Wilson Ferreira)
Preso sendo entregue à Polícia Federal na Ponta da Amizade. (Foto: Wilson Ferreira)

Já chegou ao Brasil um dos mandatários do PCC (Primeiro Comando da Capital) no Paraguai, o brasileiro Giovanni Barbosa da Silva, 29 anos, o “Bonitão”. Ele foi entregue à Polícia Federal na cidade de Foz do Iguaçu (PR), na Ponte da Amizade. Já havia, aqui no País, mandado contra ele por tráfico internacional de drogas e armas.

Conforme informações do Departamento de Investigações do Alto Paraguai, a entrega do traficante ocorreu às 12h30 de hoje. Imagens mostram o momento em que “Bonitão” entra em viatura da PF, na alfândega entre Brasil e Paraguai.



Giovanni foi preso na noite de sábado ao ser abordado pela polícia paraguaia em caminhonete na cidade de Pedro Juan Caballero. Ele e outra pessoa que estava não quiseram descer do veículo durante a ação policial, e após uso da força, foram flagrados com fuzil dentro do veículo.

Ele ficou detido na sede de Investigação de Delitos, em Pedro Juan, onde na madrugada de hoje, outros integrantes do PCC tentaram resgatá-lo. Houve tiroteio e até oficial paraguaio foi feito refém, porém a fuga não se consumou.

Outros dois membros do PCC também foram presos, porém ficaram à disposição do governo do Paraguai por terem cometido crimes em solo paraguaio.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário