ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 31º

Cidades

Procon e corregedoria prometem fiscalizar abusos no atendimento em cartórios

Reclamações vão desde a demora no atendimento a falta de banheiros para os clientes

Por Jhefferson Gamarra | 04/03/2021 18:18
A principal queixa relatada pelo Procon é a demora no atendimento dos usuários (Foto: Marcos Maluf/Arquivo)
A principal queixa relatada pelo Procon é a demora no atendimento dos usuários (Foto: Marcos Maluf/Arquivo)

Em reunião realizada na quarta-feira (3), o superintendente estadual do Procon, Marcelo Salomão, apresentou ao Corregedor-Geral de Justiça, Desembargador Luiz Tadeu Barbosa Silva, diversas reclamações de consumidores e cobrou melhorias na estrutura física e no atendimento em cartórios extrajudiciais do Mato Grosso do Sul.

Entre as queixas apresentadas ao corregedor se destacam a falta de critério no atendimento de pessoas com necessidades especiais, a demora no atendimento dos usuários, onde muitas vezes a espera ultrapassa uma hora, ausência de equipamentos para emissão de senhas além da falta e más condições nos sanitários para higiene pessoal.

O corregedor-geral de justiça Luiz Tadeu, se comprometeu em fiscalizar as situações relatadas, uma vez que os cartórios extrajudiciais tratam de atos importantes para a vida dos cidadãos, como a compra e venda de imóveis, doações, divórcios, inventários e procurações.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário