ACOMPANHE-NOS    
MAIO, DOMINGO  16    CAMPO GRANDE 29º

Cidades

UFMS marca retorno de atividades presenciais para 11 de maio

A determinação, divulgada nesta manhã, foi acordada durante reunião semanal do COE/MS (Comitê Operativo de Emergência)

Por Geisy Garnes | 10/04/2020 16:13
Aulas na UFMS estão suspensas desde o dia 17 de março (Foto: Divulgação)
Aulas na UFMS estão suspensas desde o dia 17 de março (Foto: Divulgação)

As atividades presenciais na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) já têm data marcada para retornarem. No dia 11 de maio, acadêmicas dos cursos de graduação e de pós-graduação e também funcionários do administrativo, voltam aos campos de todo o Estado.

A determinação, divulgada nesta manhã, foi acordada durante reunião semanal do COE/MS (Comitê Operativo de Emergência) e segue as diretrizes epidemiológicas e a programação definida pelo Governo do Estado de Mato Grosso do Sul.

Primeiro a proposta foi apresentada em reunião do Grupo de Trabalho de Pessoal e Ensino, formado por representantes do DCE (Diretório Central dos Estudantes), Sista (Sindicato dos Trabalhadores em Educação Fundação UFMS e IFMS) e Adufms (Associação dos Docentes da UFMS), além da Administração Central. Depois foi levada ao Comitê Operativo de Emergência.

As aulas na instituição estão suspensas desde o dia 17 de março. Desde então, o calendário escolar é mantido com aulas a distância.

Depois de analisar toda a situação, o Comitê Operativo de Emergência encaminhou à reitoria o posicionamento do retorno às aulas presenciais no dia 11 de maio, “em consonância com a data de 4 de maio, estipulada pela rede estadual”, respeitando os procedimentos de segurança para os servidores em linha de frente e a possibilidade de “alteração de matrícula de disciplina isolada na graduação, de forma excepcional”.

Segundo a presidente do COE/UFMS, vice-reitora Camila Ítavo, a Universidade está aberta e ativa, com os servidores em efetivo trabalho, mesmo durante o período de isolamento social determinada como principal medida de enfrentamento a disseminação do coronavírus. Ela afirmou ainda que o reitor Marcelo Turine está em permanente diálogo com os Ministérios e Governo do Estado para captação de recursos para atendimento dos projetos estratégicos no combate à Covid-19.

A decisão ainda pode ser alterada conforme a evolução da doença no Estado.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário