A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

23/02/2012 13:59

Acidentes nas rodovias federais de MS caem 30% no feriadão de Carnaval

Fernando da Mata e Paula Vitorino

Único acidente com morte durante o feriadão de Carnaval aconteceu na BR-163 (Foto: Dourados Agora)Único acidente com morte durante o feriadão de Carnaval aconteceu na BR-163 (Foto: Dourados Agora)

O feriadão de Carnaval teve registro de 60 acidentes nas rodovias federais de Mato Grosso do Sul. Conforme balanço da Operação Carnaval da PRF (Polícia Rodoviária Federal), divulgado nesta quinta-feira (23), número é 30% menor em relação ao registrado no período de folia do ano passado, que foi de 80 acidentes.

Os números de vítimas também caiu. Enquanto no Carnaval de 2011, três pessoas morreram em acidentes nas BRs do estado, neste ano apenas um óbito foi registrado. Os feridos caíram de 90 para 41.

O chefe da seção de policiamento da PRF, inspetor Airton Motti, explicou que as quedas nos índices são consequência do aumento do número de agentes nas estradas durante o Carnaval (100 por dia) e das campanhas de conscientização realizadas nos locais de abordagem.

Faixas com frases de impacto e carcaças de veículos acidentados foram as principais armas da campanha. “É uma estratégia que resolve, porque o motorista para e pensa nos seus atos”, afirmou o inspetor.

Operação Carnaval foi realizada entre zero hora de sexta-feira (17) e 22 horas de quarta-feira (22).

Fiscalização - De acordo com a PRF, houve aumento nos índices relacionados à fiscalização. Durante a operação deste ano, 8,4 mil veículos foram abordados e 3,5 mil condutores checadas, contra 7,3 mil veículos e 2,9 mil pessoas do ano passado.

O total de multas registradas no feriadão de folia foi de 2.928, contra 2.327 do ano passado. Casos de prisão por embriaguez aumentaram de 19 para 26, comparando os dois últimos carnavais.

Além da campanha de conscientização, fizeram parte da estratégia da PRF fiscalização em pontos considerados críticos e com radares fotográficos e manuais, além de uso de motos em perímetros urbanos (Três Lagoas e Mundo Novo).

Pontos críticos - Os trechos de rodovias federais considerados mais críticos pela PRF são a BR-262 (perímetro urbano de Três Lagoas), BR-463 (entre Dourados e Ponta Porã) e BR-163.

No caso da BR-163, a PRF destaca que é uma estrada com características próprias. Entre Jaraguari e Coxim, por exemplo, o tráfego de veículos grandes é intenso e a pista é estreita e sem acostamento.

O trecho de Mundo Novo, do km 0 a 10, é onde ocorre o maior número de acidentes, muitos caracterizados por colisão traseira. Entre Campo Grande e Jaraguari é o trecho onde morre mais pessoas e, em Coxim, onde acontece os acidentes mais graves.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions