A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

30/09/2013 13:17

Antes do prazo, Polícia pedirá prisão preventiva de suspeitos de matar delegado

Graziela Rezende

A 9 dias de encerrar o prazo da prisão temporária dos suspeitos de executar o delegado Paulo Araújo Magalhães, no dia 25 de junho, em Campo Grande, a Polícia Civil já vê como certa o pedido de prisão preventiva de José Moreira Freires, 40 anos, vulgo Zezinho e Antônio Benitez Cristaldo, 37 anos. Além deste assassinato, eles ainda são suspeitos de matar o comparsa Rafael Leonardo dos Santos, 29 anos, o 3° suspeito de matar o delegado.

Segundo o delegado Alberto Vieira Rossi, titular do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros) e que atua em apoio nas investigações, a Polícia já possui provas para que seja decretada a prisão. “Entendemos que o inquérito possui informações suficientes que os apontam como pistoleiro e comparsa no crime”, afirma o delegado.

Já o delegado Edilson dos Santos, titular da DEH (Delegacia Especializada em Repressão a Homicídios) e presidente do inquérito, disse ao Campo Grande News que, ainda esta semana, os policiais vão fazer uma nova reunião para decidir os rumos dos suspeitos. Nos últimos 20 dias, conforme a Polícia foram feitas novas diligências e ainda as análises das interceptações telefônicas.

Recentemente, por conta da suspeita da morte de Rafael, eles foram interrogados novamente e negaram a participação do crime. Na oitiva, foi oferecida à delação premiada, quando os suspeitos recebem benefícios, caso queiram colaborar com a investigação policial.

Crime - Paulo Magalhães Araújo, 57 anos, foi atingido por uma pistola de 9 milímetros, de uso restrito do Exército. Ele estava na frente da escola da filha, na rua Alagoas, quando foi alvejado. As investigações seguem sob Segredo de Justiça.

Metade da lista telefônica é suspeita de mandar matar delegado, diz advogado
Advogado do suspeito de ser o pistoleiro na execução do delegado Paulo Magalhães, no dia 25 de junho, em Campo Grande, Renê Siufi critica o andamento...
OAB pede para investigar dossiês entregues pelo delegado Paulo Magalhães
A OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso do Sul) pediu para a Polícia Civil investigar as denúncias feitas em supostos dossi...


cade o mandante
 
cesar lopes em 30/09/2013 15:02:42
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions