A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

01/03/2011 11:47

Após polêmica, Sejusp altera regras que travavam trabalho da PM

Aline dos Santos

Uma semana depois de polêmica e reclamações, a Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública) alterou as resoluções que restringiam o trabalho da PM (Polícia Militar). As modificações foram anunciadas na última quinta-feira e publicadas hoje no Diário Oficial.

A resolução 544, publicada hoje, revogou a resolução 541, que obrigava, em caso de prisão em flagrante, que o preso fosse apresentado ao delegado de polícia competente.

Segundo a PM, a exigência iria atravancar o trabalho da corporação, por falta de estrutura nas delegacias. Em Campo Grande, por exemplo, só há plantão em duas unidades durante a noite. A nova resolução estabelece que o preso em flagrante seja levado à delegacia de plantão.

Porém, o ponto mais polêmico era o que acabava com o boletim de ocorrência feito pela PM antes de levar o caso à Polícia Civil. O documento só seria a feito após o flagrante ser lavrado pelo delegado, conforme a avaliação dele a respeito do caso. Agora, será registrado boletim de ocorrência único no Sigo (Sistema Integrado de Gestão Operacional).

Prevenção - Já a resolução 543, que vedava ao Serviço de Inteligência da Polícia Militar - a chamada PM2 - a atuação em crimes fora do âmbito militar, foi alterada.

Foi mantido o texto que veda à PM2 proceder investigações criminais comuns

praticadas por civis.

Entretanto, a nova regra permite as ações de monitoramento, como medida de prevenção a crimes. O novo texto informa que “as ações de campo e emprego de tecnologias ou equipamentos na busca de conhecimento devem ser voltadas ao cumprimento de ações de inteligência, inclusive as requisitadas pelas autoridades competentes”.

Durante a polêmica, a PM informou que não faz investigação, trabalho exclusivo da Polícia Civil em relação aos crimes estaduais, mas usa o Serviço de Inteligência para se abastecer de informações na tomada de decisões sobre o policiamento.

Puccinelli determina alterações em medidas da Sejusp que revoltaram PM´s
A pedido do governador André Puccinelli (PMDB), vão ser feitas alterações nas resoluções baixadas pela Sejusp esta semana estabelecendo regras para o...
OAB apoia medida da Sejusp sobre entrega de presos pela PM
A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) divulgou hoje em seu site nota em que apoia a resolução da Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública) s...
Em nota, associações de PMs pedem a Puccinelli revogação de medidas da Sejusp
Nota divulgada nesta tarde por três associações que representam os policiais militares de Mato Grosso do Sul pede ao governador do Estado, André Pucc...
Policiais civis aprovam resoluções da Secretaria de Segurança
Eles dizem que regras normatizam o que está na leiAo contrário dos policiais militares, os civis aprovaram as resoluções publicadas ontem pela Sejus...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions