A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018

13/08/2015 14:56

Adolescentes acusados de matar e queimar corpo de jovem são apreendidos

Michel Faustino
A casa dos suspeitos foi incendiada durante a madrugada, provavelmente por vingança. (Foto: Marcos Ermínio)A casa dos suspeitos foi incendiada durante a madrugada, provavelmente por vingança. (Foto: Marcos Ermínio)

Os três adolescentes, um de 14 e dois de 15 anos, acusados de matar e incendiar o corpo de Marcos Vinícius de Oliveira, 20, foram apreendidos na manhã de hoje (13) por agentes da DEIAJ (Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude). Ontem, eles chegaram a ser detidos, mas durante a noite foram liberados e a situação gerou revolta entre os familiares e amigos da vítima. Durante a madrugada, a casa dos suspeitos, no Bairro Santa Mônica, foi totalmente destruída por um incêndio, possivelmente criminoso.

A delegada Aline Sinnott, da DEIAJ, explicou que os três adolescentes foram liberados porque não houve “deliberação do poder judiciário até inicio da noite” para a transferência para a UNEI (Unidade Educacional de Internação), então eles foram ouvidos e tiveram que ser soltos.

Segundo a delegada, na manhã de hoje, a Justiça autorizou a apreensão e os adolescentes foram detidos e encaminhados novamente para a delegacia onde estão aguardando transferência para a unidade de internação.

Crime- O corpo da vítima foi encontrado carbonizado e com perfurações de faca, na entrada da Embrapa, saída para Terenos, em Campo Grande, no começo da tarde desta quarta-feira (12).

A mãe de Marcos Vinícius registrou um boletim de ocorrência ontem (11) sobre seu desaparecimento, na 7º Delegacia de Polícia Civil. A partir daí, uma equipe do SIG (Serviço de Investigações Gerais) da Polícia Civil começou a trabalhar para chegar ao paradeiro dos autores.

Os policiais descobriram que uma menina teria atraído a vítima até local, onde outros dois adolescentes os aguardavam para praticar o crime. A menor teria contado para um dos meninos, que é seu namorado, que Marcos teria tentado estuprá-la em certa ocasião.

No local do crime então, um dos meninos deu uma gravata na vítima e o outro a esfaqueou. Logo depois, os três arrastaram o corpo até um matagal e posteriormente atearam fogo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions