ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, QUINTA  18    CAMPO GRANDE 20º

Capital

Americano é preso por espancar a enteada doente mental

Mãe encontrou filha com o rosto coberto de sangue e marido disse que "deu soco" em vítima durante briga

Anahi Zurutuza e Bruna Marques | 08/03/2023 16:55
Agressor terá de usar tornozeleira eletrônica semelhante à da foto. (Foto: Campo Grande News/Arquivo)
Agressor terá de usar tornozeleira eletrônica semelhante à da foto. (Foto: Campo Grande News/Arquivo)

Morador de Campo Grande, um americano foi preso em flagrante por espancar a enteada, de 43 anos. Conforme registrado no auto de prisão em flagrante, o homem é aposentado e convive com a mãe da vítima há 20 anos.

No dia da ocorrência, a esposa saiu de casa no fim da tarde e quando voltou, encontrou a filha com o rosto coberto de sangue. O marido relatou que se desentendeu com a enteada porque a mulher queria sair e teria partido para cima dele, quando ele tentou impedir. O homem relatou então que deu “um soco” no rosto da vítima.

A mãe não acreditou na versão e acionou a polícia. Ela disse que embora a filha tenha diagnóstico de esquizofrenia – doença mental crônica que provoca sintomas psicóticos, como delírios e alucinações –, é uma pessoa pacífica e não tem o hábito de revidar agressões.

Os registros do caso estão em sigilo, mas o Campo Grande News apurou que o americano passou por audiência de custódia nesta quarta-feira (8), com auxílio de um tradutor juramentado.

A juíza de plantão, Eliane de Freitas Lima Vicente, concedeu liberdade provisória ao agressor com monitoração eletrônica. O homem deverá ainda manter distância de 300 metros da residência da vítima. Por isso, a juíza também determinou que o preso fosse encaminhado ao Centro de Triagem e Encaminhamento do Migrante.

Nos siga no Google Notícias