A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

25/03/2013 18:03

Amigo de infância, acusado usou celular de filho de PM antes de roubo

Nadyenka Castro
Vítima tentou evitar roubo e foi agredida. (Foto: João Garrigó)Vítima tentou evitar roubo e foi agredida. (Foto: João Garrigó)
Camionete da família, após acidente com bandidos. (Foto: João Garrigó)Camionete da família, após acidente com bandidos. (Foto: João Garrigó)

“O adolescente emprestou o celular. Jamais imaginou que pudesse ser usado para isso”, explica o policial militar, pai do menino de 16 anos investigado pela Polícia como a pessoa que repassou recado de preso para assalto a uma família, no Portal Caiobá, em Campo Grande, na noite desse domingo.

De acordo com o pai, o garoto emprestou o celular para Ederval Martins do Amaral Junior, de 20 anos, por volta das 21h, sendo devolvido por volta das 22h, 22h30min. “Ele costuma emprestar sempre. O Ederval não tem celular”.

O adolescente e o jovem são amigos de infância. As duas famílias também são próximas e moram perto. Ederval não tinha passagens pela Polícia.

Conforme o policial militar, ao emprestar o celular, o filho não sabia que o telefone poderia ser utilizado para conversa com presidiários. “Eu levei ele na delegacia, acompanhei o depoimento e em momento algum ele falou que sabia para que o celular dele havia sido utilizado”.

O pai lembra que não está defendendo o filho e ressalta que o caso está em apuração, sem a confirmação da participação do garoto. “Ainda está se apurando. O celular dele foi apreendido e com certeza devem pedir a quebra de sigilo. Não estou passando a mão na cabeça do meu filho não”.

O menino é apontado como a pessoa que recebeu e repassou recado de presidiários para assalto a uma família no Portal Caiobá. Ele prestou depoimento na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piratininga, e foi liberado. O caso é investigado pela Defurv (Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos).

Assalto - Os bandidos entraram na residência por volta das 23 horas, quando o casal e os três filhos se preparavam para dormir e fugiram levando a caminhonete S-10.

Os dois cachorros vira-latas da casa perceberam quando os ladrões pularam o muro e entraram no quintal da casa. Ao ouvir os cachorros, o filho mais velho do casal, de 15 anos, foi abrir a porta e deu de cara com os bandidos. Ele trancou a maçaneta, mas a dupla quebrou o vidro lateral e conseguiu abri-la.

Os bandidos já entraram na casa com as armas em punho e mandaram o homem, a mulher de 50 anos e o filho de 15 anos deitarem no quarto do casal. Em seguida, foram até o outro cômodo, onde estavam os meninos de 12 e 10 anos, e levaram até os pais.

Depois de revirar toda a casa, a dupla foi embora levando a S-10 e o comerciante conseguiu chamar a Polícia. Policiais de moto do posto da Polícia Militar do Coophavilla receberam um chamado sobre o caso e durante rondas pelo bairro acabaram localizando a caminhonete. Eles ordenaram que o motorista estacionasse o veículo, mas o bandido, que estava na direção, não obedeceu e ainda tentou atropelar o policial.

A Rotac (Rondas Ostensivas Táticas), da Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais) foram acionados para ajudar na perseguição e acabaram localizando os suspeitos. O homem que estava na direção da caminhonete, perdeu o controle e colidiu o veículo no muro de um escritório da Banda Lilás, na esquina das Cachoeira do Campo e Lagoa Nova.

Houve troca de tiros entre os bandidos e a Polícia. Gilmar foi atingido por dois tiros e permanece no Pronto Socorro da Santa Casa. Gilmar de Souza Coleta Júnior, de 21 anos, foi baleado. Ele e Ederval foram presos.

A identificação do pai do adolescente é preservada porque o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) não permite divulgação de informações que possam identificar o menor de 18 anos em situação de risco. 



Concordo com voce Cesar
esses Vermes vao ser mantidos presos e gente pagando estadia dele,, triste fato ,, ate qdo essa bandidagem?
 
ROSILENE LEONEL em 26/03/2013 10:00:28
na boa, quero achar um amigo bonzinho assim, que me empresta celular para eu ficar ligando por mais de uma hora - histórinha da caronchinha. "Chega a borracha" no lombo desse moleke (filho do policial) que ele tem "coisa pra contar".
 
Valdecir Antonio em 26/03/2013 09:31:30
ontem teve um problema com uma vizinha nossa que estava apanhando do marido ligamos para 190 + de 20 vezes e somente depois de 3 horas que apareceram com apenas uma viatura .... por sorte intervimos na briga domestica e o marido estava estrangulando a esposa com uma corda e isso porque ela possuiu ordem de restrição e o safado apareceu com essa nossa intervenção fomos ate o posto policial da coophavila e ninguém atendeu (como informou depois a viatura que possui sim um PM dentro do posto so que nao pode atender a população depois das 00:00) como esse proprietário da S10 possui o celular dos motoqueiros da PM ?

e tivemos que esperar tanto e ninguém foi preso ate agora ?

além de sermos ameaçados por intervir cade a polícia ?

cade as motos da pm ?

 
daniel lopes em 26/03/2013 09:25:57
Incrivel! ... se fosse um policial ou um cidadão de bem que recebece os tiros teria morrido. Agora teremos mais um “verme” no sistema penitênciário para ser sustentado por nós, que pagamos impostos. Parabéns aos POLICIAIS.
 
Cesar Miranda em 26/03/2013 08:43:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions