A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

14/04/2014 11:14

Após 10 anos de pedidos por corte, mulher tem salão atingido por árvore

Aliny Mary Dias
Árvore tinha 12 metros de altura e caiu na madrugada de hoje (Foto: Cleber Gellio)Árvore tinha 12 metros de altura e caiu na madrugada de hoje (Foto: Cleber Gellio)

O que a cabeleireira Ana Iris, de 44 anos, previa há 10 anos aconteceu na madrugada desta segunda-feira (14). Uma árvore da espécie sibipiruna de 12 metros de altura caiu e atingiu o teto do salão situado na Rua Sóter Araújo França, na Vila Margarida.

A revolta da mulher é em razão da falta de atitude do poder público em relação à retirada da árvore. “Eu estou há 15 anos aqui e há pelo menos 10 eu ligo para a Prefeitura para eles tirarem essa árvore. Ela sempre pareceu estar podre”, afirma.

Na raiz da árvore, um amontoado de areia parecia segurar o tronco. Parte da base da planta estava comprometida, já que a queda dessa madrugada deixou a raiz da árvore totalmente exposta.

Com a queda, o portão do salão, as telhas e o forro de gesso foram danificados. Dentro do local, o que restou foi a sujeira e os estragos. “O pior é que a gente sabe que poderia ser evitado, mas agora é somar o prejuízo”, explica Ana que aluga o imóvel.

O Corpo de Bombeiros foi chamado por vizinhos no início da manhã e fez o corte da árvore. Os restos da planta deverão ser retirados pela mulher.

O proprietário do prédio já foi avisado pela locatária e a estimativa de investimento para recuperar a estrutura é de R$ 700. Mas para a cabeleireira o prejuízo também será grande, já que ele terá que fechar as portas do estabelecimento até que o conserto seja feito.

Para cabeleireira restou os prejuízos (Foto: Cleber Gellio)Para cabeleireira restou os prejuízos (Foto: Cleber Gellio)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions