A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019

13/09/2019 11:28

Após desmoronamento, prefeitura recupera muro de contenção no Sóter

Sóter tem cinco represas de contenção que funciona para retardar a chegada da correnteza, na região do Shopping Campo Grande

Viviane Oliveira
Equipes da Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos) estão trabalhando desde o início da semana na reconstrução  do muro (Foto: Kisie Aionã)Equipes da Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos) estão trabalhando desde o início da semana na reconstrução do muro (Foto: Kisie Aionã)

Começou no início desta semana a reconstrução de um trecho das áreas de contenção às margens do Córrego Sóter, numa das quatro barragens construídas na Avenida Nelly Martins, na altura da Rua Pernambuco, em Campo Grande. Segundo apurado pelo Campo Grande News parte do muro cedeu há pouco mais de 6 meses.

Segundo a Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos), a obra acontece num trecho que desmoronou após chuva intensa no começo deste ano. Ocasião em que o córrego transbordou e a água se infiltrou por um buraco aberto na estrutura de concreto.

Para evitar que volte a ocorrer infiltração, está sendo construída uma parede de pedras sobre o barranco, que na sequência será concretada. O Sóter tem cinco represas de contenção que funciona para retardar a chegada da correnteza, na região do Shopping Campo Grande, ou seja, evitar o transbordamento do Prosa, que sofre também o impacto dos lagos do Parque das Nações Indígenas.

Conforme o engenheiro civil Medhi Talayeh, superintendente de Serviços Públicos, em caso de muita chuva em um espaço curto de tempo, a erosão avançaria, destruiria a parte de gabião e colocaria em risco até mesmo a pista da avenida. O Sóter é um dos córregos que mais registra sobrecarga em razão das enxurradas, no entanto, transbordamentos não são mais tão comuns no trecho que foram contidos por barreiras ao longo do curso d’água

Na próxima semana será iniciada outra obra preventiva contra enchentes no período de chuvas. A intervenção será o desassoreamento para aumentar a vazão do Córrego Imbirussu, na região do Jardim Aeroporto, que impacta diretamente a Vila Popular, bairro vizinho. Lá, os moradores da Rua Rádio Maia sofrem com os alagamentos.

O espaço é aterrado com pedras chamadas de gabião (Foto: Kisie Aionã)O espaço é aterrado com pedras chamadas de gabião (Foto: Kisie Aionã)
Na sequência parte do muro que desmoronou será concretado  (Foto: Kisie Aionã)Na sequência parte do muro que desmoronou será concretado (Foto: Kisie Aionã)
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions