ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUARTA  29    CAMPO GRANDE 17º

Capital

Após duas paradas cardíacas, criança picada por escorpião volta para casa

Menino sofreu 2 paradas cardíacas, mas foi se recuperando com o tratamento e recebeu alta nesta manhã

Por Viviane Oliveira e Gabrielle Tavares | 20/05/2022 11:27
Escorpição encontrado em bairro de Campo Grande. (Foto: Arquivo / Paulo Francis)
Escorpição encontrado em bairro de Campo Grande. (Foto: Arquivo / Paulo Francis)

Depois de 5 dias internada no HR (Hospital Regional) Rosa Pedrossian, criança de 9 anos picada por um escorpião no município de Três Lagoas, localizado a 327 quilômetros de Campo Grande, recebeu alta na manhã desta sexta-feira (20).

O menino sofreu duas paradas cardiorrespiratórias no período em que esteve internado no CTI (Centro de Terapia Intensiva), mas foi se recuperando com o tratamento. Conforme o médico toxicológico Sandro Benites, do Civitox (Centro Integrado de Vigilância Toxicológica). “Ele está muito bem. Recebeu alta do hospital agora de manhã e deve voltar hoje para Três Lagoas”, disse.

A Secretaria Municipal de Saúde de Três Lagoas chegou a emitir alerta para a população sobre o aumento das ocorrências de acidentes em diversos bairros da cidade. Entre as orientações, estão manter quintais e residências limpos, livres de entulhos, além de conservar para evitar a proliferação de baratas, alimento preferido dos animais.

Neste ano, duas crianças morreram em decorrência dos ataques de escorpiões. O primeiro caso de morte, de uma criança de 3 anos, foi registrado em Paranaíba, no dia 29 do mês passado. Três dias depois, João Pedro dos Santos Pereira, de 7 anos, vindo Cassilândia, já chegou sem vida no HR.

Nos siga no Google Notícias