A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

13/07/2011 07:45

Audiência pública nesta 4ª feira discute violência em aldeias

Aline dos Santos

A Câmara Municipal de Campo Grande realiza nesta quarta-feira a audiência pública “Contra a Criminalização e a Violência aos Povos Indígenas”. A reunião terá início às 9h.

O objetivo é discutir a criminalização das lideranças e a violência contra os povos indígenas em Mato Grosso do Sul, como o atentado à bomba ocorrido mês passado na aldeia Cachoeirinha, em Miranda. Quando quatro pessoas ficaram gravemente feridas, entre elas um motorista e três estudantes residentes na aldeia.

A audiência também vai debater a retomada e a ampliação dos territórios indígenas no Estado. Relatório do Cimi (Conselho Indigenista Missionário), de 2009, aponta que naquele ano de 59 áreas definidas para demarcação, apenas 9 foram efetivamente homologadas pelo governo federal.

Homem é agredido e sofre afundamento de crânio na Júlio de Castilho
Márcio Ferreira dos Santos, 31 anos, foi agredido e sofreu afundamento de crânio, na noite de ontem (13), na Avenida Júlio de Castilhos, em Campo Gra...
Ceinf recebe nesta quinta parque de pneus construído por detentos
Acontece nesta quinta-feira (14), a partir das 8h no Ceinf (Centro de Educação Infantil) Rafael Abraão - CAIC Aero Rancho, a entrega do parque constr...


Lembro bem que após o atentado um delegado de Miranda disse que já tinha descoberto o autor e que o mesmo seria um indio,chegaram até a ir a caso do "autor" mas não o encontraram.Hoje ainda ninguem foi preso.É sempre assim o tema índio é tabu no meio politico,índios que só são lembrados e paparicados em vesperas de eleições.Também a malandragem e a picaretagem já chegou no meio dos psedos "caciques e lideranças indígenas", dizem que alguns recebem das prefeituras um salario minimo a titulo de bonificação.João Principe(kadiweu), Modesto Pereira,Domingos Marcos(terenas),Marçal de Souza e outras grandes e verdadeiras lideranças indígenas já não existem mais.Tá na hora de acabar com a demagogia, pois as comunidades indigenas já não estão mais tolerando ações de aproveitadores. É preciso iniciativa como essa,onde o proprio povo indigena, o pai, a mãe,dona de casa a aluna,a professora e crianças se juntem e vem a Capital pra se fazer ouvir "na marra", mesmo contra a vontade dos politicos! MPF, nada fez até agora, a moribunda FUNAI,então...nem pensar,tá na hora de dar uma resposta aos indigenas,ávidos de justiça,achem e punam os autores desse atentado terrorista!!!
 
samuel gomes-campo grande-ms em 13/07/2011 11:17:35
Nada adianta se apenas e só discutir e nenhuma providência for tomada. Mais isso é próprio do país, discute-se muito, nada ou quase nada é feito, e continua na mesma.
 
Ed B. Dourado em 13/07/2011 09:22:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions