A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2018

01/01/2013 09:45

Bando é preso após furtar caminhonete para vender na Bolívia

Paula Maciulevicius

Quatro homens foram presos na noite desta segunda-feira, depois de furtarem uma casa no Jardim Monumento, em Campo Grande. Os donos da residência estavam viajando e a pessoa que cuidava da casa estava fora no momento da ação. Do local os bandidos levaram eletrônicos, pertences pessoais das vítimas e uma Hilux. Os planos da quadrilha era de negociar a venda do veículo na Bolívia.

Segundo a Polícia, o responsável por cuidar da casa saiu da residência no início da manhã de ontem e retornou depois que recebeu um telefonema da dona da casa, dizendo que o imóvel havia sido assaltado.

Quando ele chegou se deparou com o portão da garagem, a porta da sala e os quartos arrombados e a Hilux furtada. Ainda ontem, a Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais) localizou a caminhonete aparentemente abandonada no Jardim Itamaracá.

O que chamou a atenção dos militares foi que uma motocicleta com dois ocupantes se aproximou do veículo, acionou o alarme e passou a monitorá-la de longe, até que dois outros rapazes entrassem no carro.

O veículo saiu e seguiu escoltado pela motocicleta. A Polícia abordou os dois veículos e dois dos rapazes, Felinto de Souza, 30 anos e Anderson Aponte Vargas, 19 anos, confessaram o furto na casa.

Os militares seguiram questionando qual era a função de casa um e o que eles fariam com a caminhonete. O outro envolvido, Diogo Oliveira Corvalan, 27 anos disse que seu trabalho era o de intermediar a venda da Hilux na Bolívia, com a ajuda do irmão, que está preso em Corumbá.

A Polícia apreendeu com ele um celular onde mensagens de texto mostravam toda a negociação. Questionados sobre os objetos que foram levados da casa, o trio acabou entregando o quarto envolvido, que foi preso em sua casa.

Com Alexandre Henrique Ortiz do Nascimento de Campos, 29 anos, a Polícia encontrou um revólver calibre 32 e ainda uma motocicleta desmanchada. Pela identificação do veículo, a moto tinha registro de furto ou roubo.

Todos foram presos e levados à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piratininga.

Capital já tem 60,02% do eleitorado com cadastro biométrico realizado
Dos 606.409 eleitores atuais de Campo Grande, 363.991 já compareceram a um dos postos de atendimentos da Justiça Eleitoral e realizam o cadastro biom...
Campo Grande recebe em maio workshop sobre emergências e desastres
Campo Grande sediará em maio o 1º Workshop Internacional de Emergências e Desastres, evento que será realizado na Uniderp, em parceria com o Centro A...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions