A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

10/08/2011 08:52

Campo Grande poderá ter delegacia conciliadora para crimes de menor potencial

Francisco Júnior e Ana Paula Carvalho

Delegacia poderá ser implantada este ano. Ideia faz parte de projeto de doutorado do delegado de polícia Fernando Nogueira

Campo Grande poderá ter uma delegacia conciliadora, a chamada Necrim (Núcleo Especial Criminal). De acordo com o idealizador do projeto em Mato Grosso do Sul, delegado Fernando Nogueira, a implantação do núcleo na Capital poderá acontecer ainda este ano. “ Esta semana vou ter uma reunião no Tribunal de Justiça para discutir a implantação do núcleo”, afirmou.

O estudo sobre o Necrim é tese de doutorado do delegado. Para ele, a delegacia conciliadora servirá para resolver pequenos crimes. “O delegado vai ser um conciliador. Na delegacia podemos resolver crimes, considerados pequenos, mais rápidos. Por exemplo, brigas entre vizinhos. A população quer uma resposta rápida”, explicou Fernando Lopes, que é o delegado titular do 5º Distrito Policial e docente da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

O delegado disse que esse é um projeto dele em parceria com a parceria da diretoria da Polícia Civil e a associação que reúne os delegados no Estado.

O Necrim já foi implantado em outros estados. Entre as atribuições destaca-se a atividade de conciliação preliminar de pequenos conflitos, que consiste na tentativa de composição do conflito entre as partes envolvidas nas infrações penais de menor potencial ofensivo, realizada pelo delegado de polícia, sempre na presença de um representante da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

A conciliação preliminar é realizada somente nos crimes de ação penal pública condicionada à representação ou de ação penal privada.



isso ai grande delegado da 5 dp /depac e do sig .
 
jose higuain em 10/08/2011 12:03:51
Boa iniciativa! é assim que precisamos de servidores públicos, com talento e iniciativas que resolvam de fato os problemas da população e da instituição, pessoa digna de merecimento, por parte dos superiores. Já imaginou o numero de processos que deixaram de fazer parte do judiciário e serão resolvidos em um prazo célere!
 
minarini em 10/08/2011 10:32:41
ótima iniciativa, espero que esse projeto seja levado adiante, pois nossa justiça já está "entupida" com casos que poderiam facilmente ser resolvidos com uma boa conversa
 
JOSE OLIVEIRA em 10/08/2011 06:42:01
por falar em crimes brandos,como tem gente que perturba o silêncio nos finais de semana em Campo Grande,principalmente nos bairros mais periféricos é um tal de som lá nas alturas no veículos-carros e nas casas onde se tem excesso de bebidas nos fins de semana.se o vizinho vai pedir educadamente para baixar o som o mal-educado que acha que mora sozinho no bairro quer dar uma de valentão e partir pra briga e ainda sem conhecer de lei diz que pode faze o barulho que quizer pois ainda não são 22 horas.
 
antonio luis em 10/08/2011 01:42:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions