A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

12/11/2013 10:39

Chuva de 49,24 milímetros alaga 29 casas e inunda dez vias na Capital

Viviane Oliveira
Árvores interditou várias ruas em Campo Grande. (Foto: Marcos Ermínio) Árvores interditou várias ruas em Campo Grande. (Foto: Marcos Ermínio)

Em 7 horas choveu 49,24 milímetros em Campo Grande e alagou 29 casas e inundou dez vias. No total foram confirmados no Corpo de Bombeiros 79 ocorrências, entre alagamento, destelhamento de casas e vias inundadas.

A chuva começou entre 20h de ontem e foi até às 3h de hoje. Desde o dia 1º deste mês até agora, choveu 159,04 milímetros, o que representa 77% dos 206,05 mm previstos para todo o mês de novembro, segundo dados do Cemtec (Centro de Monitoramento de Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos de Mato Grosso do Sul).

O chefe de fiscalização da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) Carlos Guarini, disse que várias vias ficaram interditadas meia pista por conta de árvores que caíram em via pública. Uma das pistas interditadas foi a Padre João Crippa com a Amazonas. 

Ontem, a Ernersul recebeu 404 chamados, desses, 240 foi das 18h até meia-noite, número maior 4x maior que a rotina normal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, todos os chamados, como árvores que caíram em cima da fiação e rompimento de cabos, foram resolvidos de imediato.

Parte do muro do córrego Segredo despencou. (Foto: Marcos Ermínio) Parte do muro do córrego Segredo despencou. (Foto: Marcos Ermínio)

A chuva também causou desmoronamento do muro de contenção do córrego Segredo, na Ernesto Geisel com a Avenida Euller de Azevedo, próximo ao Centro de Belas Artes. Na via Parque nos fundos do Parque das Nações Indígenas houve transbordamento do córrego e o trânsito chegou a ficar interditado.

O secretário da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), Semy Ferraz, disse que hoje a equipe da Prefeitura está na rua fazendo os reparos de emergência, como por exemplo, a limpeza das bocas de lobo. Funcionários da CG Solurb também fazem mutirão para tirar os barros que ficaram nas vias.

De acordo com a meteorologista do Cemtec, Cátia Braga, a terça-feira deve ser nublado com abertura de sol no decorrer do dia, no entanto a partir do fim de semana há possibilidade de chuva constante por cinco dias.



Eu gostaria que voces perguntassem para o senhor Semy Ferraz, quando é que eles irão começar as obras de drenagem, no corrego anhanduizinho, ou a foto e os comentários feitos por ele mesmo a meses atraz no Campo Grande news, foi somente para enganar mais uma vez os ribeirinhos e adjacences. Cade o dinheiro do PAC 2.
Espero(amos) que o prefeito Bernal não suma com os recursos destinado para as obras do mesmo anhanduizinho como na administração do senhor nelsinho. Porque se continuar do jeito que está não teremos outra opção senão nós moradores tomarmos providencias, pois não aguentamos mais arcar com os prejuizos gerados pelo transbordamento (enchente) desse córrego.
 
ANA CONCEIÇÃO ALMEIDA ADRIANO em 13/11/2013 08:26:09
Na região Noroeste da cidade choveu muito mais que o informado na noticia.
Na região da Coophasul, Laranjais e Azaléia, choveu 150 mm.
Tenho pluviometro de controle na minha casa.

A Avenida Miguel Vieira Ferreira ficou muito comprometida. Há muita lama sobre ela.
 
Honorio Coelho em 12/11/2013 12:18:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions