ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, SEXTA  03    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Chuva de 49,24 milímetros alaga 29 casas e inunda dez vias na Capital

Por Viviane Oliveira | 12/11/2013 10:39
Árvores interditou várias ruas em Campo Grande. (Foto: Marcos Ermínio)
Árvores interditou várias ruas em Campo Grande. (Foto: Marcos Ermínio)

Em 7 horas choveu 49,24 milímetros em Campo Grande e alagou 29 casas e inundou dez vias. No total foram confirmados no Corpo de Bombeiros 79 ocorrências, entre alagamento, destelhamento de casas e vias inundadas.

A chuva começou entre 20h de ontem e foi até às 3h de hoje. Desde o dia 1º deste mês até agora, choveu 159,04 milímetros, o que representa 77% dos 206,05 mm previstos para todo o mês de novembro, segundo dados do Cemtec (Centro de Monitoramento de Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos de Mato Grosso do Sul).

O chefe de fiscalização da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) Carlos Guarini, disse que várias vias ficaram interditadas meia pista por conta de árvores que caíram em via pública. Uma das pistas interditadas foi a Padre João Crippa com a Amazonas.

Ontem, a Ernersul recebeu 404 chamados, desses, 240 foi das 18h até meia-noite, número maior 4x maior que a rotina normal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, todos os chamados, como árvores que caíram em cima da fiação e rompimento de cabos, foram resolvidos de imediato.

Parte do muro do córrego Segredo despencou. (Foto: Marcos Ermínio)
Parte do muro do córrego Segredo despencou. (Foto: Marcos Ermínio)

A chuva também causou desmoronamento do muro de contenção do córrego Segredo, na Ernesto Geisel com a Avenida Euller de Azevedo, próximo ao Centro de Belas Artes. Na via Parque nos fundos do Parque das Nações Indígenas houve transbordamento do córrego e o trânsito chegou a ficar interditado.

O secretário da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), Semy Ferraz, disse que hoje a equipe da Prefeitura está na rua fazendo os reparos de emergência, como por exemplo, a limpeza das bocas de lobo. Funcionários da CG Solurb também fazem mutirão para tirar os barros que ficaram nas vias.

De acordo com a meteorologista do Cemtec, Cátia Braga, a terça-feira deve ser nublado com abertura de sol no decorrer do dia, no entanto a partir do fim de semana há possibilidade de chuva constante por cinco dias.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário